Partido Pirata (Islândia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Pirata
Píratar.png
Líder Birgitta Jónsdóttir
Porta-voz Porta voz
Fundação 24 de novembro de 2012
Sede Reykjavík
Afiliação internacional Internacional de Partidos Pirata[1]
Parlamento da Islândia
3 / 63
Site
http://www.piratar.is

O Partido Pirata (em islândes, Píratar) é um partido políticos islandês, fundado a 24 de novembro de 2012[2] pela deputada Birgitta Jónsdóttir, anteriormente militante do Hreyfingin, e por vários ciberativista proeminentes, como Smári McCarthy.

O partido conseguiu que lhe fosse atribuída a letra "Þ" (thorn) para figurar no boletim de voto para as eleições legislativas de 2013. Trata-se, tanto da primeira participação eleitoral do partido, como da primeira vez que um partido utiliza a letra Þ.

Referências

  1. «About the PPI». PP International (em inglês). Consultado em 26 de abril de 2013. 
  2. Reitemeyer, Andrew. «Iceland has a Pirate Party». Pirate Times (em inglês). 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.