Partido Social-Democrata da Croácia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Social-Democrata da Croácia
Socijaldemokratska partija Hrvatske
Presidente Davor Bernardic
Fundador Ivica Račan
Fundação 1990
Sede Zagreb,  Croácia
Ideologia Social-democracia
Progressismo
Europeísmo
Espectro político Centro-esquerda
Ala jovem Forum mladih SDP-a
Antecessor Liga dos Comunistas da Croácia
Membros  (2013) 40 224
Afiliação nacional Coligação Popular
Afiliação internacional Internacional Socialista
Aliança Progressista
Afiliação europeia Partido Socialista Europeu
Grupo no Parlamento Europeu Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas
Cores Vermelho
Página oficial
http://www.sdp.hr

O Partido Social-Democrata da Croácia (em croata Socijaldemokratska partija Hrvatske; SPH) é o principal partido de centro-esquerda e social-democrata da Croácia[1].

História[editar | editar código-fonte]

O partida evoluiu a partir da Liga dos Comunistas da Croácia (em croata: Savez Hrvatske komunista, SKH). A delegação deixou o 14º Congresso dos Partidos Comunistas da Iugoslávia, juntamente com os eslovenos, devido a uma incapacidade de cooperar com o Partido Comunista Sérvio liderado por Slobodan Milošević. A Iugoslávia deixou de ser um Estado socialista, logo depois, e assim o partido adicionou o Partido de Mudanças Democráticas (croata: Stranka Promjena demokratskih, SDP) para o seu nome. Em 1990, participou da eleições multipartidárias de Abril de 1990. O SKH-PSDC perdeu as eleições, mas permaneceu na oposição parlamentar.

Em 30 de abril de 1994 se fundiu com os Democratas Sociais da Croácia, liderado por Antun Vujic, para formar o Partido Social-Democrata da Croácia (convenientemente abreviado para "PSDC").

2000-2003 do governo e voltar para a oposição[editar | editar código-fonte]

O partido formou uma coligação pré-eleitoral com o Partido Social Liberal Croata (HSLS) e começou a ganhar as eleições parlamentares de janeiro de 2000. Račan, como o líder do partido mais forte, tornou-se o primeiro-ministro da Croácia. O governo de coligação incluía ministros do PSDC e HSLS, além da coligação do Partido dos Croatas Camponeses , o Partido Liberal), o Partido Popular Croata, e da Assembleia Democrática de Istria.

O governo liderado pelo PSDC, embora com várias alterações, permaneceu no poder até as próximas eleições, em novembro de 2003. Eles formaram coligações pré-eleitorais com Libra (uma facção dissidente do HSLS e do Partido Liberal) , mas não conseguiu garantir uma nova maioria parlamentar, mesmo com a coligação alargada até 2000. Ele ganhou 34 dos 151 assentos. Nas eleições presidenciais de 2005, o SDP apoiou Stjepan Mesić, que venceu as eleições e se tornou presidente.

Para as eleições de 2007, o PSDC preparou uma estratégia econômica, anteriormente não-partidária o economista Ljubo Jurčić. Em 2007, o partido foi atingido pela morte de Ivica Račan, e teve de eleger um novo líder do partido em uma convenção especial.

2010: volta ao governo[editar | editar código-fonte]

Em eleição realizada em 2010, o candidato do partido, Ivo Josipović, é eleito novo presidente do país, prometendo o aderimento de seu país à União Europeia até 2012[2].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Data Candidato

apoiado

1ª Volta 2ª Volta
Votos % Votos %
1992 Antun Vujic 18 783 0,7 (8.º)
1997 Zdravko Tomac 458 172 21,0 (2.º)
2000 Drazen Budisa 741 837 27,7 (2.º) 1 125 969 44,0 (2.º)
2005 Stjepan Mesić 1 089 398 48,9 (1.º) 1 454 451 65,9 (1.º)
2009/10 Ivo Josipović 640 594 32,4 (1.º) 1 339 385 60,3 (1.º)
2014/15 Ivo Josipović 687 678 38,5 (1.º) 1 082 436 49,3 (2.º)

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Votos % +/- Deputados +/- Status Aliança
1992 145 419 5,5 (5.º)
11 / 138
Oposição
1995 215 839 8,9 (4.º) Aumento3,4
10 / 127
Baixa1 Oposição
2000 1 138 318 38,7 (1.º) Aumento29,8
43 / 151
Aumento33 Governo Coligação com HSLS
2003 560 593 22,6 (2.º) Baixa16,1
34 / 151
Baixa9 Oposição Coligação com IDS, LIBRA e LS
2007 775 690 31,2 (2.º) Aumento8,6
56 / 153
Aumento22 Oposição
2011 958 312 40,0 (1.º) Aumento8,8
61 / 151
Aumento5 Governo Coligação Kukuriku
2015 744 507 32,3 (2.º) Baixa7,7
42 / 151
Baixa19 Oposição Croácia está a Crescer
2016 636 602 33,8 (2.º) Aumento1,5
38 / 151
Baixa4 Oposição Coligação Popular

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data Votos % +/- Deputados +/- Aliança
2013 237 778 32,1 (2.º)
5 / 12
Coligação Kukuriku
2014 275 904 29,9 (2.º) Baixa2,2
2 / 11
Baixa3 Coligação Kukuriku

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Nordsieck, Wolfram. «Parties and Elections in Europe». www.parties-and-elections.eu. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  2. Presidente eleito promete uma Croácia mais justa