Partido Socialista Operário Húngaro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Partido Socialista Operário Húngaro
Magyar Szocialista Munkáspárt
Líder Rezső Nyers (último)
Fundação 1956
Dissolução 1989
Sede Budapeste,  Hungria
Ideologia Comunismo
Marxismo-Leninismo
Comunismo Goulash
Espectro político Extrema-esquerda
Antecessor Partido dos Trabalhadores Húngaros
Sucessor Partido Socialista Húngaro (ala maioritária)
Partido Comunista dos Trabalhadores Húngaros (ala minoritária)
Cores Vermelho, Branco e Verde

O Partido Socialista Operário Húngaro (em húngaro: Magyar Szocialista Munkáspárt, MSzMP) foi um partido político comunista da Hungria, que liderou o regime comunista húngaro de 1956 até ao seu fim em 1989.

O partido foi fundado durante a Revolução Húngara de 1956, como sucessor do Partido dos Trabalhadores Húngaros, para disputar as prometidas eleições democráticas, mas com a supressão soviética da Revolução de 1956, o novo partido reafirmou-se como comunista e completamente fiel à URSS[1].

Apesar desta fidelidade ao regime soviético, o regime húngaro do MSzMP tornou-se o mais liberal dos países sob controlo soviético, adoptando uma nova política económica e social, conhecida como Comunismo Goulash, inventado por János Kádár, que foi o líder húngaro de 1956 a 1988[2].

Em 1988, com a saída de Kádár do partido, a ala reformista do partido viria a ganhar o controlo do partido, e, em 1989, na onda da liberalização promovida por Gorbachev na URSS, a ala reformista introduziu um sistema democrático multi-partidário e a promessa de realização de eleições livres o mais depressa possível[3].

Além destas reformas no país, a ala reformista alterou os estatutos do partido, abandonando o comunismo e o marxismo-leninismo como ideologias, adoptando o nome de Partido Socialista Húngaro e afirmando-se como um partido de centro-esquerda e social-democrata[4]. Apesar disto, uma ala minoritária, rejeitou tais alterações e criou o Partido Comunista dos Trabalhadores Húngaros[5].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Votos % Deputados +/- Status
1958 6 431 832 99,6 (1.º)
276 / 338
Governo
1963 6 813 058 98,9 (1.º)
252 / 340
Baixa24 Governo
1967 7 086 596 99,7 (1.º)
259 / 349
Aumento7 Governo
1971 7 189 125 99,0 (1.º)
224 / 352
Baixa35 Governo
1975 7 497 060 99,6 (1.º)
215 / 352
Baixa9 Governo
1980 7 462 593 99,3 (1.º)
252 / 352
Aumento37 Governo
1985 7 145 601 99,1 (1.º)
288 / 387
Aumento36 Governo

Referências

  1. Publishing, Britannica Educational (1 de junho de 2013). Bulgaria, Hungary, Romania, the Czech Republic, and Slovakia (em inglês). [S.l.]: Britanncia Educational Publishing. ISBN 9781615309870 
  2. Daniels, Robert Vincent (31 de dezembro de 1986). Documentary History of Communism (em inglês). [S.l.]: I.B.Tauris. ISBN 9781850430353 
  3. Publishing, Britannica Educational (1 de junho de 2013). Bulgaria, Hungary, Romania, the Czech Republic, and Slovakia (em inglês). [S.l.]: Britanncia Educational Publishing. ISBN 9781615309870 
  4. Publishing, Britannica Educational (1 de junho de 2013). Bulgaria, Hungary, Romania, the Czech Republic, and Slovakia (em inglês). [S.l.]: Britanncia Educational Publishing. ISBN 9781615309870 
  5. Publishing, Britannica Educational (1 de junho de 2013). Bulgaria, Hungary, Romania, the Czech Republic, and Slovakia (em inglês). [S.l.]: Britanncia Educational Publishing. ISBN 9781615309870