Pasión y poder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a telenovela de 1988. Para o remake, veja Pasión y poder (2015).
Pasión y poder
Paixão e Poder (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 41-44 minutos
Criador(es) Carmen Ochoa
Marissa Garrido
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Produtor(es) Carlos Sotomayor
Elenco Diana Bracho
Enrique Rocha
Claudia Islas
Carlos Bracho
Miguel Pizarro
Tema de abertura "Pasión y Poder" (Instrumental)
Tema de encerramento Pasión y Poder" (Instrumental)
Exibição
Transmissão original México: 8 de agosto de 1988 - 25 de novembro de 1988
N.º de episódios México:80
Cronologia
Amor en silencio
Dulce desafío
Programas relacionados Mundo de fieras
Pasión y poder (2015)

Pasion y poder (no Brasil: Paixão e poder) é uma telenovela mexicana produzida por Carlos Sotomayor para a Televisa e exibida entre 8 de agosto e 25 de novembro de 1988 em 80 capítulos sucedendo Amor en silencio e antecedendo Dulce desafío.

A telenovela foi escrita por Carmen Ochoa e adaptada por Marissa Garrido.

Foi protagonizada por Diana Bracho e Carlos Bracho e antagonizada por Claudia Islas e Enrique Rocha.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A telenovela gira em torno dos dramas familiares e poderes empresariais de duas famílias rivais . Essa rivalidade tem sua origem há muitos anos, quando Arturo Montenegro e Eladio Gómez Luna disputam o amor da bela Ana Laura. No final das contas, Eladio foi quem se casou com ela. Muitos anos depois, Ana Laura é uma mulher muito infeliz pois suporta os abusos e as maldades de seu marido, tendo como único consolo o amor de seu filho Federico, una total antítesis de seu pai. Entanto Arturo, depois de enviuvar de sua primeira esposa, se casou com a frívola Nina com quem teve 3 filhos: Rogelio, Ana Karen e Paulina. Arturo tão involucrado em seus negócios que não se da conta das humilhações que Nina e seus filhos Rogelio e Paulina fazem a Pedro, filho de seu primero matrimonio. Constantemente é martirizado por estes , apelidado de "El Tonto" convertendo-se em um jovem tímido e neurótico. Só Ana Karen lhe tem carinho, e quando esta se apaixona perdidamente por Federico, filho do rival de seu pai, Pedro lhe devolve o favor, ajudando-a na relação. Pedro se apaixona pela sua cunhada Alicia e em seguida quando se fortalece , se levanta contra as opressões e abusos de sua família. Arturo aprende a valorizá-lo e também se anima para reconquistar a Ana Laura. Porém , o malvado Eladio não permitirá que sejam felizes e fará até o impensável para destruir a seu rival e sua família.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Exibição no Brasil[editar | editar código-fonte]

Foi exibida no Brasil pelo SBT, entre 13 de abril e 31 de maio de 1993 em 42 Capítulos, substituindo Eu compro essa mulher.

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios TVyNovelas 1989[editar | editar código-fonte]

Categoria Nomeado(a) Resultado
Melhor telenovela Carlos Sotomayor Nomeado
Melhor vilã Claudia Islas Nomeada
Melhor vilão Enrique Rocha Ganhador
Melhor atriz jovem Mariagna Prats Nomeada
Mejor revelação femenina Paulina Rubio Ganhadora
Melhor revelação masculina Miguel Pizarro Ganhador
Melhor ator debutante Juan Carlos Muñoz Ganhador

Outras Versões[editar | editar código-fonte]

Referências