Passivo não circulante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Passivo Não Circulante é um subgrupo do passivo exigível do Balanço Patrimonial e é composto das contas antes agrupadas no Passivo Exigível a Longo Prazo, ou seja, de registro de todas as obrigações que devem ser quitadas cujos vencimentos ocorrerão após o final do exercício seguinte ao encerramento do balanço patrimonial. Dentre essas contas podemos destacar:

  • Financiamento e empréstimos de instituições financeiras;
  • Debêntures à pagar;
  • Fornecedores de equipamentos de grande porte.
  • Empresas Controladas;
  • Provisão imposto de rende diferido;
  • Financiamento (LP), longo prazo;
  • Fornecedores (LP);
  • Provisão de contingência trabalhista;
  • Provisão para processos judiciais;
  • Provisão para desmantelamento de áreas;
  • Debentures a pagar )com prazo maior de 12 meses);
  • Controladora a pagar;
  • Arrendamentos mercantins financeiros;
  • Planos de pensão e saúde;
  • Subsidiárias, controladas e coligadas;
  • Outras contas e despesas a pagar.

Além dessas contas, fazem parte da nova classificação introduzida na Lei 6.404/76, as antigas contas do grupo dos Resultados de exercícios futuros.


Ícone de esboço Este artigo sobre contabilidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.