Passo dos Ventos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Passo dos Ventos
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Janete Clair
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Régis Cardoso
Exibição
Emissora de televisão original Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 26 de junho de 196814 de janeiro de 1969
N.º de episódios 177

Passo dos Ventos é uma telenovela brasileira, produzida e exibida pela Rede Globo no horário das 20 horas, entre 26 de junho de 1968 a 14 de janeiro de 1969, em 177 capítulos. Foi a "novela das oito" exibida pela emissora, substituindo Sangue e Areia no horário, e sendo substituída por Rosa Rebelde - ambas também escritas por Clair, que continuaria a ser a responsável por todas as telenovelas do horário até 1972, com Selva de Pedra.

Escrita integralmente por Janete Clair, e sendo dirigida por Régis Cardoso[1]

Produção e exibição[editar | editar código-fonte]

O título da telenovela, Passo dos Ventos, é uma referência à área da América Central onde fica o Haiti, uma sugestão do cartunista Borjalo. A gata de vison, telenovela das dez da Rede Globo, estreou no mesmo dia que Passo dos Ventos e representou um experimento da emissora: Enquanto a "novela das oito" trazia como protagonistas os atores Carlos Alberto e Glória Menezes, Tarcísio Meira e Yoná Magalhães, seus costumeiros pares, protagonizavam a "novela das dez".[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Com Glória Menezes interpretando a protagonista, Vivien Chevalier, a telenovela contou ainda com os seguinte atores:[2]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • FERREIRA, Mauro. Nossa Senhora das Oito - Janete Clair e a evolução da telenovela no Brasil. Mauad Editora. 1ª edição, 2003. ISSN: 8574781126.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.