Pastinaca sativa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaCherovia
Cherovia / Pastinaga
Cherovia / Pastinaga
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Apiales
Família: Apiaceae
Gênero: Pastinaca
Espécie: P. sativa
Nome binomial
Pastinaca sativa
L.
Pastinaca sativa

A cherovia (português europeu) ou chirívia (português brasileiro) ou ainda pastinaca (Pastinaca sativa) é uma raiz que se usa como hortaliça. Relacionada à cenoura, embora mais pálida e com sabor mais intenso do que esta, tem cultivo que remonta a tempos antigos na Eurásia. Antes da introdução da batata, a cherovia era um dos alimentos que ocupavam o seu lugar. Em Portugal, é cultivada na região da Serra da Estrela e na zona da Covilhã.

Denominações[editar | editar código-fonte]

A raiz (ou bulbo) da Pastinaca sativa recebe as denominações populares de cherivia, cherívia, cherovia, chirivia, cheruvia, pastinaca ou pastinaga nas várias regiões de língua portuguesa pelo mundo.[1][2]

Nutrição[editar | editar código-fonte]

Consome-se a raiz primária e parte do hipocótilo cozida, em guisados e sopas. Dá sabor anisado. Apresenta mais vitaminas e sais minerais do que a cenoura. Por cada 100 g, apresenta as características nutricionais seguintes:

Cultivares[editar | editar código-fonte]

A cherovia ou pastinaca é nativa da Eurásia e existem três variedades cultivadas:

  • Panais Redonda Precoz
  • Panais Média Grande
  • Larga de Guernesey

Cultivo[editar | editar código-fonte]

Não cresce em climas quentes, pois necessita geadas para desenvolver o seu sabor. É própria para regiões com curtas temporadas de crescimento e gosta dos terrenos arenosos e/ou limosos. Os terrenos argilosos e pedregosos não são bons para as suas raízes, produzindo deformações e tamanho pequeno da raiz. As sementes plantam-se no princípio da primavera, assim que o solo se possa trabalhar. A colheita é no final do verão, depois da primeira geada, e continua durante o outono, até o congelamento do solo. Mais do que em outras espécies de vegetais, as suas sementes deterioram-se em viabilidade se armazenadas muito tempo. Cada ano precisa de semente fresca. A planta é alimento de larvas de algumas espécies de lepidópteros.

Perigo[editar | editar código-fonte]

Flor de Pastinaca sativa.

Quando se recolhe do campo, é fácil de confundir com a Conium maculatum, espécie venenosa e eventualmente fatal.

Atenção: Jamais confie nas informações da Wikipédia como fonte única para identificar plantas a serem consumidas, seja por pessoas seja por animais domésticos.

Referências

  1. Redatores do Priberam (2013). «Verbete: Cherovia». Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Consultado em 14 de junho de 2018 
  2. Editores do Aulete (2008). «Verbete: Cherivia». Dicionário Caldas Aulete da Língua Portuguesa. Consultado em 14 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Pastinaca sativa
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Pastinaca sativa
Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Apiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.