Pastor Maldonado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pastor Maldonado
Pastor Maldonado em 2015
Informações pessoais
Nome completo Pastor Rafael Maldonado Motta
Nacionalidade Venezuela venezuelano
Nascimento 9 de março de 1985 (30 anos)
Maracay, Aragua, Venezuela
Altura 1,73 m
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2011
Equipes Williams e Lotus
GPs disputados 86
Vitórias 1
Pódios 1
Pontos 61[1]
Pole positions 1
Primeiro GP GP da Austrália de 2011
Primeira vitória GP da Espanha de 2012
Última vitória GP da Espanha de 2012
Último GP GP da Hungria de 2015

Pastor Rafael Maldonado Motta (Maracay, 9 de março de 1985) é um automobilista venezuelano. Foi campeão da Fórmula Renault em Itália. Atualmente, é piloto titular da equipe Lotus F1 Team.

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Williams[editar | editar código-fonte]

Pastor Maldonado durante o Grande Prêmio de Mônaco de 2011.

Em dezembro de 2010 foi oficialmente anunciado como piloto da Williams para a temporada de 2011 da Fórmula 1.[2] Em janeiro de 2011 o piloto já fazia uma exibição nas ruas de Caracas a bordo do FW32.[3]

Com um carro bastante limitado, Maldonado não conseguiu bons resultados durante a sua temporada de estréia, marcando seu primeiro ponto na categoria ao concluir o Grande Prêmio da Bélgica na décima colocação.[4]

Em 2012, o piloto voltou a pontuar no Grande Prêmio da China, ao chegar na oitava posição.[5]

Durante o treino classificatório para o Grande Prêmio da Espanha, Maldonado surpreendeu ao classificar-se na segunda colocação.[6] Após o treino, no entanto, Lewis Hamilton, que havia feito o melhor tempo, foi punido pelos comissários da prova por ter parado o carro logo depois de obter seu melhor tempo, sem completar a volta seguinte por falta de combustível. Dessa maneira, o piloto venezuelano ficou com a pole position.[7] Durante a corrida, Maldonado foi ultrapassado logo após a largada, por Fernando Alonso. O piloto venezuelano, no entanto, conseguiu recuperar a posição na corrida, conquistando o primeiro pódio e a primeira vitória da carreira na categoria.[8]

Lotus[editar | editar código-fonte]

Transferiu-se para a equipe Lotus F1 Team em 2014 trazendo consigo o patrocínio da PDVSA.[9] Mesmo não marcando nenhum ponto até aquele momento, foi confirmada a extensão de seu contrato para 2015.[10]

Resultados nas corridas da F1[editar | editar código-fonte]

Legenda: (Corridas em negrito indicam pole position); (Corridas em itálico indicam volta mais rápida)

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Classificação Pontos
2011 AT&T Williams Williams FW33 Cosworth CA2010kr 2.4 V8 AUS
Ret
MAL
Ret
CHN
18
TUR
17
ESP
15
MON
18
CAN
Ret
EUR
18
GBR
14
ALE
14
HUN
16
BEL
10
ITA
11
SIN
11
JAP
14
COR
Ret
IND
Ret
EAU
14
BRA
Ret
19º 1
2012 Williams F1 Team Williams FW34 Renault RS27-2012 V8 AUS
13
MAL
19
CHN
8
BHR
Ret
ESP
1
MON
Ret
CAN
13
EUR
12
GBR
16
ALE
15
HUN
13
BEL
Ret
ITA
11
SIN
Ret
JAP
8
COR
14
IND
16
EAU
5
EUA
9
BRA
Ret
15º 45
2013 Williams F1 Team Williams FW35 Renault RS27-2013 V8 AUS
Ret
MAL
Ret
CHN
13
BHR
11
ESP
14
MON
Ret
CAN
16
GBR
11
ALE
15
HUN
10
BEL
17
ITA
14
SIN
11
COR
13
JAP
16
IND
12
EAU
11
EUA
17
BRA
16
18º 1
2014 Lotus F1 Team Lotus E22 Renault Energy F1-2014 V6 AUS
Ret
MAL
Ret
BHR
14
CHN
14
ESP
15
MON
Ret
CAN
Ret
AUT
12
GBR
17
ALE
12
HUN
13
BEL
Ret
ITA
14
SIN
12
JAP
16
RUS
18
EUA
9
BRA
12
EAU 17º 2
2015* Lotus F1 Team Lotus E23 Hybrid Mercedes PU106B Hybrid 1.6 V6 AUS
Ret
MAL
Ret
CHN
Ret
BHR
15
ESP
Ret
MON
Ret
CAN
7
AUT
7
GBR
Ret
HUN
14
BEL
ITA
SIN
JAP
RUS
EUA
MEX
BRA
EAU
14º 12

* Temporada em andamento.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]