Pastor-alemão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pastor alemão)
Ir para: navegação, pesquisa
Pastor-alemão
pastor alemão capa preta
Nome original Deutscher Schäferhund
Outros nomes Lobo-da-alsácia
País de origem  Alemanha
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 1
Seção 1 - Cães de pastor e boieiros (excepto boieiros suíços) - de pastor
Estalão #166 - 7 de agosto de 1996
Pastor alemão "cinza". Pastor alemão de trabalho.

Pastor-alemão ou lobo-da-alsácia [a][b] (em alemão: Deutscher Schäferhund) é uma raça canina proveniente da Alemanha. É considerada umas das raças mais numerosas e estudadas no mundo.

Em sua origem era utilizado como cão de pastoreiro de rebanhos. Atualmente é mais utilizado como cão de guarda e companhia.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Provável descendente de cães pastores do noroeste deste país europeu cruzados com lobos da região, o pastor alemão teve seu primeiro exemplar registrado no século XX, pelo aposentado da cavalaria alemã chamado Max von Stephanitz. Propagandeados como mensageiros, batedores e carregadores, serviram ao exército alemão na Primeira Guerra Mundial, chamando a atenção dos exércitos inimigos, que levaram alguns exemplares consigo ao fim da guerra. Popularizados nos Estados Unidos e Reino Unido, tornaram-se celebridades da tv e do cinema, figurando em produções cinematográficas como Rin-Tin-Tin.

Pastor Alemão preto

Na década de 1970, já visto como um dos caninos mais difundidos do mundo, começou a passar por cruzamentos levianos, que geraram animais problemáticos e mais propensos as doenças comuns da raça, como a mielopatia degenerativa e a displasia coxofemoral.

Funcionalidade[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o pastor alemão é visto como o cão policial e militar mais bem sucedido do mundo, representando lealdade, agilidade, cautela e amizade. Embora esteja disputando espaço com o Pastor belga malinois.

É ainda bem sucedido como animal de pastoreio, provas de obediência como Schutzhund, localização e agilidade, guarda residencial e pessoal, já que seu adestramento não representa dificuldade para donos experientes.

Características físicas[editar | editar código-fonte]

O pastor-alemão é um cão de porte médio a grande, os machos possuem entre 60 e 65 cm na altura da cernelha e pesam entre 30 e 40 kg.

Sua pelagem, de sub-pelo denso e duro, varia nas cores: castanho com capa preta, preto e castanho, totalmente preto, e cinza.

A pelagem branca, apesar de estar fora do padrão oficial, por exemplo, não é tão incomum, e em 2002 foi reconhecida pela FCI como uma nova raça separada em virtude dos esforços de criadores suíços: ver pastor branco suíço.[1]

Pastores-alemães famosos[editar | editar código-fonte]

  • Jerry Lee, um cão policial do filme K-9, um policial bom pra cachorro e K-9: Detetive particular.
  • Rin-Tin-Tin, pastor alemão que participou em diversas séries e filmes nos anos 20 e 30 do século XX.
  • Blondi, cadela do Führer alemão Adolf Hitler.
  • Rex, um cão policial que ajudava a resolver crimes que protagonizou a série televisiva Kommissar Rex.
  • Max, um cão policial que ajudava a resolver crimes que protagonizou a série televisiva Inspector Max.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Fogle (2009), pág 186 e 187

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Pastor-alemão


Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.