Patagónia Express

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Patagonia Express
Pantagónia Express: apontamentos de viagem (PT)
Autor(es) Luis Sepúlveda
Idioma língua castelhana
País Chile Chile
Edição portuguesa
Tradução Cristina Rodriguez, Artur Guerra
Editora Asa
Lançamento 1996
Páginas 149
ISBN 972-41-1782-0
Cronologia
O Velho Que Lia Romances de Amor
O poder dos sonhos

Patagónia Express é um livro de Luis Sepúlveda.

Homenagem a um comboio que já não existe, mas que continua a viajar na memória dos homens e mulheres da Patagónia, estes “apontamentos de viagem” – como lhes chamou Luis Sepúlveda – tornaram-se num dos livros de referência do grande autor chileno. Desde os seus primeiros passos na militância política, que o levaram à prisão e depois ao exílio em diferentes países da América do Sul, até ao reencontro feliz, anos depois, com a Patagónia e a Terra do Fogo, é uma longa viagem (e uma longa memória) aquela que Luis Sepúlveda nos propõe neste seu livro. Ao longo dele, confrontamo-nos com uma extensa galeria de personagens inesquecíveis e com um conjunt [1] ficas, daquelas que só um grande escritor é capaz de arrancar aos labirintos da vida.

Miguel Sousa Tavares comentou: “Se alguma vez existiu um modelo de crónicas de viagem, é isto, nada mais. Inesquecível.”

[1]

Referências

  1. «Patagónia Express em www.almedina.net». Consultado em 26 de março de 2011. Arquivado do original em 4 de julho de 2015 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.