Paternidade sócio-afetiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

fugaPaternidade sócio-afetiva é um conceito jurídico que visa ao estabelecimento da relação de paternidade com base em outros fatos além da relação genética, tais como a convivência e a afetividade existente entre o pai e filho, em homenagem ao Princípio do melhor interesse do menor.

Ícone de esboço Este artigo sobre direito é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.