Patrice Trovoada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Patrice Trovoada
Nome nativo Patrice Emery Trovoada
Nascimento 18 de março de 1962 (58 anos)
Libreville
Cidadania São Tomé e Príncipe
Progenitores Pai:Miguel Trovoada
Ocupação diplomata, político

Patrice Émery Trovoada (Libreville, 18 de março de 1962) é um político de São Tomé e Príncipe.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do antigo Presidente Miguel dos Anjos da Cunha Lisboa Trovoada e de sua mulher Helena ... e irmão de Yure Trovoada e Deyse Trovoada, Líder da Acção Democrática Independente (ADI), foi ministro dos Negócios Estrangeiros de setembro de 2001 a fevereiro de 2002. Posteriormente ocupou o cargo de assessor do Presidente Fradique de Menezes para as questões petrolíferas.

Em 2006, foi candidato à Presidência da República pela Acção Democrática Independente (ADI), tendo obtido 38,8% dos votos.

Em fevereiro de 2008, foi nomeado primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, cargo que ocupou até junho do mesmo ano. Mais tarde, em agosto de 2010, voltou à chefia do governo, para a abandonar em dezembro de 2012.

Em 25 de novembro de 2014, voltou a ocupar o cargo de primeiro-ministro,[1] ao ser nomeado pelo presidente da república, Manuel Pinto da Costa. Encerrou suas funções em 3 de dezembro de 2018, com a posse de Jorge Bom Jesus, sendo o primeiro chefe de governo do período democrático a encerrar um período governamental sem ser derrubado antes do fim do termo.

Referências

  • Forjaz, Jorge Eduardo de Abreu Pamplona, "Genealogias de São Tomé e Príncipe - Subsídios", Dislivro Histórica, 2011, p. 577

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikinotícias Notícias no Wikinotícias
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.