Patricio Polic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Patricio Polic
Nome completo Patricio Antonio Polic Orellana
Nascimento 30 de outubro de 1972 (46 anos)
,  Chile
Ocupação Professor de educação física

Patricio Polic (30 de outubro de 1972) é um árbitro de futebol chileno de origem croata conhecido por apitar jogos da e da Copa Sul-Americana. Conhecido pela torcida do Atlético Mineiro por marcar o pênalti a favor do Tijuana aos 47 do segundo tempo,no jogo de quartas de finais da Copa Libertadores da América que foi defendido pelo goleiro Victor Leandro Bagy após a cobrança de Riascos[1]. Também apitou um jogo entre Atlético Nacional e São Paulo pela semifinal da Copa Libertadores da América de 2016, onde prejudicou a equipe paulista com um pênalti não marcado no 1° tempo da partida e causando confusões em 2 expulsões do time paulista.

Referências