Patrick Bezerra do Nascimento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Patrick
Informações pessoais
Nome completo Patrick Bezerra do Nascimento
Data de nasc. 29 de julho de 1992 (29 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,76 m
canhoto
Apelido Pantera Negra[1]
Choco
Informações profissionais
Clube atual São Paulo
Número 88
Posição meio-campista
Clubes de juventude
2011–2013 Operário-PR
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2013
2013
2013–2014
2014
2014–2015
2015
2015–2017
2017
2018–2021
2022–
Operário-PR
Marcílio Dias
Caxias
Comercial
Gaziantepspor
Caxias
Goiás
Sport
Internacional
São Paulo







0038 000(3)
0199 00(26)
0023 000(4)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 23 de junho de 2022.

Patrick Bezerra do Nascimento, Pantera Negra ou simplesmente Patrick[2] (Rio de Janeiro, 29 de julho de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como meio-campista. Atualmente joga pelo São Paulo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Operário-PR[editar | editar código-fonte]

Revelado no Operário-PR, fez bons jogos e despertou interesse do empresário luso-francês Matias Pires, que representava o Saint-Étienne, da França, e veio até Ponta Grossa para avaliar o potencial do jovem meio-campista.[3]

Marcílio Dias[editar | editar código-fonte]

Em 2013, atuando pelo Marcílio Dias, fez uma excelente partida contra o Concórdia, marcando um gol aos 40 minutos da etapa final. O clube de Santa Catarina venceu por 3–1.[4]

Caxias[editar | editar código-fonte]

Com rápida passagem pelo Caxias-RS em 2013, Patrick acumulou experiência defendendo o clube na reta final da Série C de 2013.[5]

Comercial-SP[editar | editar código-fonte]

Do clube grená, disputou o Campeonato Paulista pelo Comercial-SP.[5] Patrick foi anunciado em dezembro de 2013 como novo reforço do Comercial para a disputa do Campeonato Paulista de 2014.[6]

Gaziantepspor[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2014 foi anunciado pelo Gaziantepspor, da Turquia, assinando por quatro temporadas. Foi a primeira experiência do atleta em um clube estrangeiro.[7]

Retorno ao Caxias[editar | editar código-fonte]

Após a passagem pelo Gaziantepspor, Patrick retornou ao Caxias para a temporada 2015.[5]

Goiás[editar | editar código-fonte]

No segundo semestre de 2015, foi anunciado como novo reforço do Goiás. Considerado um jogador polivalente, Patrick atuou no Esmeraldino nas funções de lateral-esquerdo, volante e meia ofensivo.[8] Renovou seu contrato com o clube goiano no dia 31 de maio de 2017.[9]

Sport[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2017, foi anunciado pelo Sport como o primeiro reforço da era Vanderlei Luxemburgo para a disputa da Série A e da Copa Sul-Americana.[10] O jogador chegou sem custos ao clube pernambucano.[11] Marcou seu primeiro gol pela equipe no dia 20 de julho, na goleada por 4 a 0 sobre o Atlético Goianiense.[12]

Após excelente passagem pelo Leão da Ilha, a diretoria rubro-negra e os agentes que gerenciam a carreira do atleta não chegaram a um acordo para renovação do contrato, e assim o jogador se despediu do Sport.[13]

Internacional[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado como reforço do Internacional no dia 29 de dezembro de 2017.[15] O meio-campista assinou por dois anos com o clube gaúcho.[16] Durante a sua apresentação, Patrick falou sobre sua polivalência de poder atuar em mais de uma função em campo.[17]

Teve grande atuação no dia 13 de outubro de 2021, na vitória por 3 a 1 sobre o América Mineiro pelo Brasileirão. O meia marcou dois gols, um de voleio e outro de cabeça.[18]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

2022[editar | editar código-fonte]

Em 8 de janeiro de 2022, o São Paulo anunciou sua contratação por duas temporadas.[19]

Em 9 de janeiro os atletas do São Paulo se reapresentaram no CT da Barra Funda para a realização de testes para a COVID-19, e Patrick infelizmente acabou sendo um dos jogadores que positivaram para o vírus.[20]

Após voltar do período de isolamento, Patrick foi apresentado pelo São Paulo em uma coletiva virtual no CT da Barra Funda, pegando a camisa de número 88.[21]

Em 27 de janeiro fez sua estreia pelo clube, na derrota por 2x1 contra o Guarani. Patrick porém deu uma assistência para o gol de Calleri, único do São Paulo na partida.[22]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Goiás

Referências

  1. «Patrick invoca perfil "Pantera Negra" e participa de 5 a cada 4 gols do Inter». Globoesporte.com. 14 de junho de 2018. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  2. «Perfil no site do São Paulo» 
  3. «Empresário francês vem a PG para avaliar Maiquinho e Patrick». Blog da Torcida. 12 de abril de 2012. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  4. «Marcílio Dias vence em Concórdia». Site oficial do Marcílio Dias. 23 de junho de 2013. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  5. a b c d «Volante Patrick volta ao Caxias para o Gauchão após passagem pela Turquia». Globoesporte.com. 5 de janeiro de 2015. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  6. «Comercial anuncia três de uma vez: Xaves, Patrick e Rodrigo Jesus». GloboEsporte.com. 2 de dezembro de 2013. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  7. «Volante Patrick, ex-Comercial, assina com o Gaziantepspor (TUR)». 11 Consultoria. 6 de agosto de 2014. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  8. «Volante Patrick comemora fase de artilheiro no Goiás». Gazeta Esportiva. 18 de fevereiro de 2016. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  9. «Goiás renova com Patrick, que fica no clube até o fim da temporada». GloboEsporte.com. 31 de maio de 2017. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  10. Charlie Pereira (3 de junho de 2017). «Sem acerto com Goiás, Patrick vai reforçar o Sport na Série A». Diário de Goiás. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  11. Rômulo Alcoforado (3 de junho de 2017). «Sport acerta com volante Patrick, que estava no Goiás». GloboEsporte.com. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  12. «Sport supera chuva, goleia o Atlético-GO e entra no G-6 do Brasileirão». UOL. 20 de julho de 2017. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  13. Rômulo Alcoforado (23 de dezembro de 2017). «Sem acordo para renovação, empresário indica saída de Patrick do Sport». GloboEsporte.com. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  14. «Sem acordo por renovação, Patrick se despede do Sport». Gazeta Esportiva. 24 de dezembro de 2017. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  15. «Em dose dupla: Inter anuncia Dudu e Patrick como reforços para 2018». GloboEsporte.com. 29 de dezembro de 2017. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  16. Jeremias Wernek (29 de dezembro de 2017). «Inter acerta contratação de Patrick, volante ex-Sport». UOL. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  17. a b «Patrick ressalta polivalência durante apresentação no Inter». Gazeta Esportiva. 5 de janeiro de 2018. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  18. «Patrick brilha com dois gols, Inter vence mais uma e quebra invencibilidade do América-MG». GloboEsporte.com. 13 de outubro de 2021 
  19. «São Paulo anuncia a contratação do meio-campista Patrick, ex-Inter». Globoesporte. 8 de janeiro de 2022. Consultado em 8 de janeiro de 2022 
  20. «No primeiro passo da pré-temporada, elenco realiza testes de Covid - SPFC». www.saopaulofc.net. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  21. «Reforço na área! Patrick é apresentado no São Paulo». www.band.uol.com.br. Consultado em 21 de janeiro de 2022 
  22. «Guarani faz dois golaços e vence o São Paulo na estreia do Paulistão». www.uol.com.br. Consultado em 30 de janeiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]