Patrick McCaw

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Patrick McCaw
Patrick McCaw in 2015.jpg
Informações pessoais
Nome completo Patrick Andrew McCaw
Data de nasc. 25 de outubro de 1995 (23 anos)
Local de nasc. St. Louis, Missouri, Estados Unidos
Altura 2,01 m (6 ft 7 in)
Peso 84 kg (185 lb)
Informações no clube
Clube atual Canadá Toronto Raptors
Número 1
Posição Ala-armador / Ala
Clubes de juventude
2014–2016 Estados Unidos ULNV
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2016–2018
2016–2017
2018–2019
2019–
Estados Unidos Golden State Warriors
Estados Unidos Santa Cruz Warriors
Estados Unidos Cleveland Cavaliers
Canadá Toronto Raptors
‭‭175‬ (‭‭645‬)
4 (53)
3 (5)
‭37‬ (‭74‬)

Patrick Andrew McCaw (St. Louis, 25 de outubro de 1995) é um jogador norte-americano de basquete profissional que atualmente joga pelo Toronto Raptors, disputando a National Basketball Association (NBA).[1] Ele foi selecionado pelo Milwaukee Bucks na segunda rodada do Draft de 2016.[2]

Ele ganhou dois títulos da NBA com o Golden State Warriors em suas duas primeiras temporadas na liga e retornou para uma terceira final consecutiva na NBA em 2019 com os Raptors, onde ganhou o terceiro título consecutivo da NBA contra seu ex-time.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

McCaw nasceu em St. Louis, Missouri, filhos de Jeffery e Teresa McCaw.

Ele inicialmente frequentou a Christian Brothers College High School, mas transferiu-se para a Montrose Christian School, onde obteve uma média de 13 pontos por jogo e levou a equipe a um recorde de 20-5 e o título da Divisão I da National Christian School Athletic Association.

Depois que ele se formou, ele foi classificado como o 38º melhor Ala-armador no país.[3][4]

Carreira universitária[editar | editar código-fonte]

McCaw frequentou a UNLV, onde, em duas temporadas, teve médias de 12,2 pontos, 4,2 rebotes, 3,3 assistências, 2,0 roubadas de bola e 31,7 minutos em 65 jogos.

Em sua segunda temporada, ele jogou 33 jogos e teve médias de 14,7 pontos, 5,2 rebotes, 3,9 assistências e 2,4 roubos de bola em 33,7 minutos, tendo a segunda maior marca de roubos de bola no país. Ele foi nomeado para a Equipe Defensiva da conferência.[5]

Em 4 de abril de 2016, McCaw se declarou para o Draft da NBA.

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Golden State Warriors (2016–2018)[editar | editar código-fonte]

McCaw durante a Summer League de 2016.

Em 23 de junho de 2016, McCaw foi selecionada pelo Milwaukee Bucks com a 38ª escolha geral do Draft de 2016. Mais tarde, ele foi negociado com o Golden State Warriors em troca de considerações de dinheiro. O membro do conselho executivo dos Warriors, Jerry West, achou que McCaw não deveria ter chegado tão longe, dizendo: "As pessoas vão se arrepender de não terem recrutado ele".[6] Em 6 de julho de 2016, ele assinou com os Warriors e se juntou à equipe para a Summer League de 2016.[7]

McCaw fez sua estréia nos Warriors na abertura de temporada em 25 de outubro de 2016 contra o San Antonio Spurs. Em nove minutos, ele registrou dois pontos, duas assistências, um roubo de bola e um bloqueio em uma derrota de 129-100.

Em 29 de dezembro, ele foi designado para o Santa Cruz Warriors, afiliada do Golden State na D-League.[8] No dia seguinte, ele foi chamado de volta pelos Warriors.[9]

Em 10 de janeiro de 2017, ele fez seu primeiro jogo como titular no lugar de Klay Thompson. Ele foi transferido para Santa Cruz em 13 de janeiro e foi chamado de volta no dia seguinte.[10][11] Em 13 de fevereiro de 2017, McCaw substituiu Thompson novamente e marcou 19 pontos em uma derrota por 132-110 para o Denver Nuggets. Com Kevin Durant machucando o joelho em 28 de fevereiro, McCaw foi titular no lugar de Durant na maioria dos jogos.[12]

McCaw fez seu primeiro jogo nos playoff no segundo jogo da primeira rodada no qual os Warriors venceram por 110-81 sobre o Portland Trail Blazers. Ele terminou com nove pontos, cinco rebotes, um bloqueio, um roubo de bola.[13] McCaw foi titular novamente no Jogo 3, contribuindo com oito pontos, cinco rebotes, cinco assistências, um bloqueio e três roubos de bola em uma vitória de 119-113 em Portland. No Jogo 2 das finais da Conferência Oeste contra o San Antonio Spurs, McCaw fez 18 pontos, cinco assistências, três rebotes e três roubos de bola para ajudar os Warriors a vencer por 136-100. McCaw se tornou o primeiro novato da NBA com pelo menos 18 pontos vindo do banco de reservas desde James Harden em 2010 e o primeiro novato dos Warriors desde Robert Parish em 1977.[14] McCaw foi titular novamente no Jogo 4, terminando com seis pontos, quatro rebotes, duas assistências e um bloqueio em uma vitória por 129-115 sobre os Spurs. Os Warriors ganharam o título da NBA depois de derrotar o Cleveland Cavaliers por 4-1.[15]

Em 27 de novembro de 2017, McCaw marcou os 16 pontos, com sete assistências e quatro roubos de bola na derrota por 110-106 para o Sacramento Kings. Em 31 de março de 2018, McCaw se machucou depois de ser atingido por Vince Carter. Ele ficou imóvel por cerca de 10 minutos antes de ser retirado e levado para o Centro Médico da UC Davis para posterior avaliação.[16] No dia seguinte, ele foi liberado do hospital com uma coluna lombar machucada.[17] Ele voltou de lesão no Jogo 6 das finais da Conferência Oeste contra o Houston Rockets. Os Warriors derrotaram os Rockets no Jogo 7 e avançaram para as finais da NBA pela quarta temporada consecutiva, onde venceram seu segundo título consecutivo contra os Cavaliers.

Após a temporada de 2017-18, McCaw tornou-se um agente livre restrito. Em outubro de 2018, ele permitiu que a oferta qualificada de US $ 1,71 milhão do Warriors expirasse sem aceitá-la e teria recusado outra oferta de dois anos e US $ 5,2 milhões da equipe.[18][19][20] Ele permaneceu restrito, com os Warriors mantendo o direito de igualar qualquer oferta de outro time.

Cleveland Cavaliers (2018-2019)[editar | editar código-fonte]

Depois de permanecer no mercado de free agents por quase seis meses, McCaw assinou com o Cleveland Cavaliers em 30 de dezembro de 2018.[21][22] Os Warriors recusaram-se a igualar a oferta, que seria um contrato não garantido de dois anos e US $ 6 milhões.

Em 6 de janeiro de 2019, ele foi dispensado pelos Cavaliers depois de jogar em três jogos.[23]

Toronto Raptors (2019 – Presente)[editar | editar código-fonte]

Em 10 de janeiro de 2019, McCaw assinou com o Toronto Raptors.[24]

Os Raptors avançaram para as Finais da NBA de 2019 contra o ex-time de McCaw, o Golden State Warriors. Os Raptors ganharam o seu primeiro título e o terceiro consecutivo de McCaw. Ele se tornou o terceiro jogador a ganhar títulos em três temporadas consecutivas com times diferentes, juntando-se a Steve Kerr e Frank Saul,[25] e se tornou o primeiro jogador a conquistar três títulos consecutivos da NBA desde que Shaquille O'Neal e Kobe Bryant lideraram o Los Angeles Lakers a três títulos consecutivas de 2000 a 2002.[26] Ele também se tornou o sétimo jogador a ganhar um título durante cada um de seus primeiros três anos na liga.[27]

Os Raptors assinaram novamente com McCaw em 8 de julho de 2019.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2016–17† Golden State 71 15.1 .433 .333 .784 1.4 1.1 .5 .2 4.0
2017–18† Golden State 57 16.9 .409 .238 .765 1.4 1.4 .8 .2 4.0
2018–19 Cleveland 3 17.7 .222 .250 1.0 .7 .7 .0 1.7
2018–19† Toronto 26 13.2 .444 .333 .867 1.7 1.0 .8 .1 2.7
Carreira 157 15.5 .420 .299 .791 1.5 1.2 .6 .2 3.7

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2017† Golden State 15 12.1 .438 .348 .846 2.2 1.1 .6 .2 4.1
2018† Golden State 6 2.7 .500 .000 1.000 .5 .0 .3 .0 .7
2019† Toronto 11 4.4 .200 .333 1.000 .3 .4 .2 .0 .5
Carreira 32 7.7 .418 .333 .882 1.2 .6 .4 .1 2.2

Fonte:[28]

Títulos e Homenagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Patrick McCaw». basketball-reference.com. Consultado em 26 de junho de 2017 
  2. «2016 NBA Draft». thedraftreview.com. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  3. «Patrick McCaw - Men's Basketball». University of Nevada Las Vegas Athletics (em inglês). Consultado em 11 de agosto de 2019 
  4. «Pat McCaw - Basketball Recruiting - Player Profiles - ESPN». ESPN.com. Consultado em 11 de agosto de 2019 
  5. «Warriors Select Vanderbilt Center Damian Jones With 30th Overall Pick in 2016 NBA Draft». Golden State Warriors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  6. «Jerry West: 'People are gonna be sorry they didn't draft' McCaw». NBCS Bay Area. 13 de julho de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  7. «Warriors Sign Rookie Guard Patrick McCaw to Contract». Golden State Warriors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  8. «Warriors Assign Damian Jones and Patrick McCaw to Santa Cruz». Golden State Warriors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  9. «Warriors Recall Damian Jones and Patrick McCaw from Santa Cruz». Golden State Warriors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  10. «Warriors Assign Kevon Looney and Patrick McCaw to Santa Cruz». Golden State Warriors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  11. «Warriors Recall Kevon Looney and Patrick McCaw from Santa Cruz». Golden State Warriors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  12. «Patrick McCaw gaining needed experience in Kevin Durant's absence». The Mercury News (em inglês). 18 de março de 2017. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  13. «Rookie Patrick McCaw steps up at both ends and even throws in a brief bit of emotion». The Mercury News (em inglês). 20 de abril de 2017. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  14. «Takeaways After Two Games of the Conference Finals». Golden State Warriors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  15. Facts, Daily. «Warriors (16-1) Record Best Postseason Winning Percentage in NBA History». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  16. «Warriors vs. Kings - Game Recap - March 31, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  17. «Suns vs. Warriors - Game Recap - April 1, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  18. Slater, Anthony. «Trying to make sense of Patrick McCaw's hardball tactics...». The Athletic. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  19. «Latest On Patrick McCaw». Hoops Rumors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  20. «Cavs sign Warriors RFA McCaw to offer sheet». ESPN.com (em inglês). 28 de dezembro de 2018. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  21. reports, NBA com staff. «Report: Warriors decline to match Cavaliers' offer sheet for Patrick McCaw». NBA.com (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  22. «Cavaliers Sign Patrick McCaw». Cleveland Cavaliers (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  23. «Cavaliers Sign Cameron Payne». Cleveland Cavaliers (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  24. «Raptors Sign Patrick McCaw». Toronto Raptors (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  25. «St. Louis native Patrick McCaw wins NBA Championship with Toronto Raptors». FOX2now.com (em inglês). 14 de junho de 2019. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  26. «Raptors' McCaw becomes first player to 3-peat since Shaq and Kobe's Lakers». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  27. Sherman, Rodger (14 de junho de 2019). «Three-Pat: How Patrick McCaw Made History In the 2019 NBA Finals». The Ringer. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  28. «Patrick McCaw Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 11 de agosto de 2019