Orago

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Patrono)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: "Patrono" redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Patrono (desambiguação).
Disambig grey.svg Nota: Para a comuna italiana, veja Jerago con Orago.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Segundo o costume católico, patrono, orago ou padroeiro é um santo a quem é dedicada uma localidade, associação ou templo (capela, igreja etc.).

Na legislação que estabelece a simbologia associada às freguesias portuguesas, surgem, frequentemente, menções aos oragos dessas freguesias. Este facto tem dois significados: por um lado, tem o significado religioso de estender a "proteção" do santo para lá do templo, a toda a freguesia; por outro lado é um arcaísmo que reflete nos dias atuais as origens antigas das freguesias.

Com efeito, embora, hoje, uma freguesia seja uma instituição de carácter político e administrativo, exclusivamente subordinada aos poderes civis, a sua origem é a paróquia católica, que constituiu, em tempos, a malha mais fina de administração em Portugal.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "orago" é derivada do termo latino oraculu, oráculo, templo onde se dão "oráculos", através da forma arcaica "oragoo".[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 229.
Ícone de esboço Este artigo sobre cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.