Patrícya Travassos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Patrycia Travassos)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Julho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de a jornalista brasileira, veja Patrícia Travassos (jornalista).
Patrícya Travassos
Patrícya Travassos na estréia do filme Xuxa Gêmeas, em 2006.
Nome completo Patrícia de Resende Travassos
Nascimento 1 de maio de 1955 (61 anos)
Rio de Janeiro, RJ
 Brasil
Nacionalidade Brasil brasileira
Ocupação Atriz
Cônjuge Diduche Worcman (1973-1980);
Evandro Mesquita (1980-1989);
Luiz Antonio 'Tom Tom' (1993-2002);
Liminha (2005-2009)

Patrícia de Resende Travassos (Rio de Janeiro, 1 de maio de 1955) é uma atriz e roteirista brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira nos anos 1970, no grupo de teatro Asdrúbal Trouxe o Trombone, ao lado de Regina Casé, Luís Fernando Guimarães, Perfeito Fortuna e Evandro Mesquita, criando e atuando nas peças Trate-me Leão e Aquela Coisa Toda.

Nos anos 80, compôs canções e dirigiu os espetáculos da banda de rock Blitz.

Entrou na Rede Globo em 1980 e, durante quatro anos, criou e escreveu Armação Ilimitada, além de ter sido roteirista de TV Pirata, Delegacia de Mulheres, Vida ao Vivo Show, da minissérie Sex Appeal e da telenovela Olho no Olho.

Como atriz, participou de diversas telenovelas globais como Brega e Chique (1987), Vamp (1991), A Próxima Vítima (1995) e As Filhas da Mãe (2001).

No teatro, atuou nas peças A Partilha, de Miguel Falabella; Capital Estrangeiro, de Silvio de Abreu; No Escurinho do Cinema, de Luís Carlos Góes; e em 5 x Comédia.

No cinema, participou de roteiros de filmes como Lua de Cristal (1990), de Tizuka Yamasaki; O Mentiroso (1988), de Werner Schünemann, e vencedor no Festival de Brasília; Lili, a Estrela do Crime (1988), de Lui Farias; A Hora Mágica (1998), de Guilherme de Almeida Prado; e Xuxa Gêmeas (2006), de Jorge Fernando.

Seu primeiro livro chama-se Esse Sexo é Feminino, coeditado pelas editoras Símbolo e O Nome da Rosa.

Atualmente apresenta o programa Alternativa Saúde, no canal GNT ao lado de Cynthia Howlett, e é cronista da revista Marie Claire.

Em abril de 2007, Patricya aceitou o convite do autor Tiago Santiago para participar de Caminhos do Coração, nova telenovela das 22h da Record, que estreou no dia 28 de agosto. Patricya interpretou Irma Mayer, que vive um triângulo amoroso com os irmãos Aristóteles (André D'Biase) e Platão (Ricardo Petraglia), e disputará a herança dos dois após o assassinato do irmão deles, Sócrates (Walmor Chagas). Antes de Patricya, Marília Pêra também recebeu convite para o mesmo papel, porém decidiu renovar seu contrato com a Rede Globo.

A atriz mudou seu nome de Patrícia para Patrícya, por sua numerologia, inclusive alterando seu documento.

Patrícya têm um filho: Nicolau, fruto de um caso com o diretor Euclydes Marinho no início da década de 80. A atriz também foi casada por uma década com o Diduche Worcman e casada quase uma década com o ator e músico Evandro Mesquita. Depois disso foi casada com o fazendeiro Luiz Antonio 'Tom Tom' e com o compositor e produtor musical Liminha.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Na TV
Ano Título Papel Notas
2016 A Secretária do Presidente
2015 Acredita na Peruca Participação Especial
2014 Vitória Valéria Schiller
Milagres de Jesus Dália
2013 Nova Família Trapo Dona Gertrudes
2010 Ribeirão do Tempo Clorís Fortunato
2008 Os Mutantes Irma Mayer
2007 Caminhos do Coração Irma Mayer
2006 Minha Nada Mole Vida Lívia Participação Especial
2005 A Lua me Disse Geórgia Bogari
2004/2006 A Diarista vários personagens Participação Especial
2004 Sob Nova Direção Ácassia
2003 A Grande Família Neide
2002 Os Normais Simone
2001 As Filhas da Mãe Milagros Quintana
1998/2000 Você Decide Vários Personagens Participação Especial
1997/2011 Alternativa: Saúde Ela Mesma Apresentadora
1996 Vira-Lata Penélope
1995 A Próxima Vítima Solange Lopes
1993 Olho no Olho Duda
1991 Vamp Mary Matoso
Amazônia Francisca
1988 Bebê a Bordo Ester
1987 Brega e Chique Mercedes

Cinema[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 2013 - A Partilha .... Selma
  • 2009 - Monstra
  • 2003 - Síndromes, Loucos como Nós
  • 2000 - 5X comédia
  • 1997 - No escurinho do Cinema
  • 1994 - Capital Estrangeiro

Literatura[editar | editar código-fonte]

  • 2006 - Monstra
  • 2001 - Esse sexo é feminino
  • Alternativas de A a Z

Compositora[editar | editar código-fonte]

  • Perfil do personagem - Evandro Mesquita, Celso e Patricya Travassos
  • Ego trip - Evandro Mesquita, Antônio Pedro, Ricardo Barreto e Patricya Travassos
  • Volta ao mundo - Evandro Mesquita, Chacal, Patricya Travassos
  • Pagã - Ovelar, Baquero e Patricya Travassos
  • Beth frígida - Antônio Pedro, Ricardo Barreto, Evandro Mesquita e Patricya Travassos
  • Mapa da mina - Patricya Travassos e Ruban
  • Eu sou free - Patricya Travassos e Ruban
  • Garota normal - Patricya Travassos e Ruban
  • Esse seu jeito sexy de ser - Patricya Travassos, Evandro Mesquita e Lui

Referências

  1. Cinemateca Brasileira, O Segredo da Múmia ... participação especial (vítima do Professor) [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.