Paul-Henri Sandaogo Damiba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Paul-Henri Sandaogo Damiba
Presidente de Burquina Fasso
Período 24 de janeiro de 2022
a 30 de setembro de 2022
Antecessor(a) Roch Marc Christian Kaboré (Presidente do Burkina Fasso)
Sucessor(a) Ibrahim Traoré
Dados pessoais
Nascimento 2 de janeiro de 1981 (41 anos)
Uagadugu, Burquina Fasso
Alma mater Escola Militar de Paris
Conservatório Nacional de Artes e Ofícios
Serviço militar
Lealdade Exército de Burkina Fasso
Anos de serviço 2002 - atualidade
Graduação Tenente-coronel

Paul-Henri Sandaogo Damiba (2 de janeiro de 1981) é um oficial militar burquinense. Ele serviu como presidente da Burquina Fasso entre 24 de janeiro a 30 de setembro de 2022[1], quando foi removido por um golpe de estado, mas ele apenas renunciou oficialmente no dia 02 de outubro de 2022.[2][3]

Ele liderou o golpe militar de 24 de janeiro de 2022, que derrubou o presidente Roch Marc Christian Kaboré e estabeleceu o Movimento Patriótico de Salvaguarda e Restauração, presidido por ele, no poder.[4] Entre suas primeiras medidas estão a dissolução do Governo e da Assembleia Nacional, a suspensão da Constituição e o fechamento das fronteiras do país.[5]

Em 31 de janeiro, um ato fundamental do Movimento Patriótico para Salvaguarda e Restauração restaurou a Constituição do país e deu a Damiba o título de presidente do Fasso.[6]

No dia 02 de outubro, após a sua renúncia, Paul-Henri Sandaogo Damiba chegou à Lomé, acompanhado por quatro colaboradores militares, sendo encaminhados ao palácio da presidência do Togo.[7]

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Exércitos da África Ocidental e Terrorismo: Respostas Incertas?. Paris: Editions Les 3 Colonnes, 2021.[8]

Referências

  1. «Fresh from promotion, Burkina Faso writer-colonel leads a coup». Reuters (em inglês). 24 de janeiro de 2022. Consultado em 25 de janeiro de 2022 
  2. «Ruas de Burkina Faso estão sob tensão após golpe de Estado». G1. Consultado em 2 de outubro de 2022 
  3. Welle (www.dw.com), Deutsche. «Burkina Faso: Líder da junta militar deposta abandona o país | DW | 03.10.2022». DW.COM. Consultado em 26 de outubro de 2022 
  4. Welle (www.dw.com), Deutsche. «Quem é o novo homem forte no Burkina Faso? | DW | 31.01.2022». DW.COM. Consultado em 26 de outubro de 2022 
  5. Mednick, Sam (25 de janeiro de 2022). «Hundreds march in Burkina Faso to show support for new junta». CTVNews (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2022 
  6. «Burkina Faso : la junte rétablit la Constitution et modifie les institutions». Le Figaro (em francês). 31 de janeiro de 2022. Consultado em 6 de fevereiro de 2022 
  7. «Burkina Faso: Paul-Henri Sandaogo Damiba e os acontecimentos do fim-de-semana». RFI. 4 de outubro de 2022. Consultado em 26 de outubro de 2022 
  8. Auteur - Paul-Henri Sandaogo DAMIBA
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.