Paul Day

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Paul Mario Day foi o vocalista original do Iron Maiden, de 1975 a 1976.[1] Mais tarde ele formaria a banda More que tocou no Monsters of Rock em 1981. Paul foi também o vocal do Wildfire de 1983 a 1984.Paul Day fez ainda parte durante o ano 1986 da famosa banda de Glam Rock: Sweet na qual tocou ainda com os membros originais da banda : Andy Scott e Mick Tucker.

Paul Day (nascido em 19 de Abril de 1956, em Whitechapel, leste de Londres), começou a cantar em 1972, e com apenas 19 anos fez parte da primeira formação do Iron Maiden, ficando de 1975 a 1976(cerca de seis meses). Os outros integrantes no tempo eram Steve Harris(baixo), Terry Rance(guitarra), Dave Sullivan(Guitarra) e Ron Matthews(bateria). Após ser demitido da banda, ele se juntou em 1978 a outra banda clássica da New Wave of British Heavy Metal(NWOBHM), o More, gravando em 1981 o primeiro álbum "Warhead". Chegaram a tocar ao lado de bandas como Samson, Saxon, Def Leppard, Black Sabbath, Krokus, Angel Witch, Motörhead, AC/DC, Foreigner, Whitesnake, e ironicamente fizeram uma turnê de três meses ao lado do Maiden. Em entrevista, Paul declarou que na turnê tudo saiu bem e que guarda boas lembranças. Mas ele acabou saindo da banda, devido a divergências com a gravadora. E logo entrou no Wildfire, lançando dois álbuns, "Brute Force and Ignorance"(1983) e "Summer Lightning"(1984). [2]

Após seu auge, em 1985 entrou no Sweet, clássica banda de Glam Rock dos anos 70 e gravou somente o ao vivo "Live at the Marquee" em 1986, sendo lançado em 1989. Após muitos anos afastado da música, Paul Day, morando em Newcastle, Austrália (desde 1986), fez parte de uma banda local chamada Gringos em 2006, e Defaced em 2008, ambas tocavam covers. Em 2009, se juntou à banda Crimzon Lakes e gravou em 2011 um EP autointitulado, provavelmente a sua última gravação, visto que um ano depois a banda anunciou a aposentadoria do vocalista. [3]

Porém, alguns anos depois, Paul Day, participou de alguns shows com outros dois ex-vocalistas do Iron Maiden: Paul Di'anno e Blaze Bayley, e atualmente ainda canta com o Defaced. Segundo Paul, a sua primeira composição foi "Strange World"(escrita antes de entrar no Maiden), e lançada no primeiro álbum da banda, sem jamais ser creditada a ele. E de acordo com Steve Harris, no DVD Iron Maiden "Early Days", Paul Day foi despedido da banda por não ter carisma suficiente para o posto de vocalista, apesar de ter uma bela voz. Algumas de suas maiores influências musicais ao longo dos anos foram The Beatles, Queen, Deep Purple, Yes, Black Sabbath, Led Zeppelin, Judas Priest, Van Halen, Faith no More, SoundGarden, Alice in Chains, Gary Moore e Rush. [4]

Foi substituído por Dennis Wilcock nos vocais do Iron Maiden.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.