Paul Eyschen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Paul Eyschen
Paul Eyschen
Primeiro-ministro do  Luxemburgo
Período 22 de Setembro de 1888 – 11 de Outubro de 1915
Antecessor(a) Édouard Thilges
Sucessor(a) Mathias Mongenast
Dados pessoais
Nascimento 9 de setembro de 1841
Diekirch,  Luxemburgo
Morte 11 de outubro de 1915 (74 anos)
Partido Independente
Profissão Advogado e Político

Paul Eyschen (9 de Setembro de 1841 – 11 de Outubro de 1915) foi um político, estadista, advogado e diplomata luxemburguês. Foi o 8.º Primeiro-ministro do Luxemburgo, durante 27 anos, de 22 de Setembro de 1888 até à sua morte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Charles-Gérard Eyschen, antigo Director-Geral da Justiça, Eyschen nasceu em Diekirch, Norte do Luxemburgo, a 9 de Setembro de 1841.[1] Eyschen formou-se em 1860 no Ateneu do Luxemburgo. Estudou Direito, tornando-se advogado em Bona e Paris.[2] Recebeu a sua licença para praticar advocacia a 9 de Novembro de 1865.[2]

Nas eleições de 12 de Junho de 1866, Eyschen foi eleito para a Câmara de Deputados, em representação do cantão de Wiltz.[2] Contudo, ainda não tinha 25 anos de idade no dia da votação, tal como requerido pela constituição. De início, a sua vitória foi anulada pela Câmara, resultado de uma iniciativa de Félix de Blochausen, mas quando o lugar vazio foi de novo colocado em votação, a 10 de Novembro, Eyschen voltou a conquistá-lo, tendo já a idade para tal.[2]

Em 1875, foi nomeado para Chargé d'Affaires no Império Alemão, onde serviu até 1888.[3]

A 7 de Julho de 1876, Eyschen, tal como o seu pai, foi designado para Director-Geral da Justiça,[4] uma que manteve até 1888 quando, após a rescisão de Édouard Thilges, Eyschen foi escolhido para Primeiro-ministro do Luxemburgo.[5] Nos 27 anos que se seguiram, Eyschen dominou a vida política luxemburguesa,[6] viu várias sucessões de monarcas, e assistiu a uma era de desenvolvimento económico e ao fim da união com os Países Baixos.

Eyschen morreu, ainda em funções, a 11 de Setembro de 1915, um ano depois da ocupação alemã durante a Primeira Guerra Mundial. Sucedeu-lhe o Director-Geral das Finanças, Mathias Mongenast.

Referências

  1. Mersch (1953), p. 87
  2. a b c d Mersch (1953), p. 88
  3. Mersch (1953), p. 91
  4. Mersch (1953), p. 92
  5. Mersch (1953), p. 99
  6. Funck (1953), p. 155

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • (em francês) Mersch, Jules (1953). «Paul Eyschen». In: Mersch, Jules. Biographie nationale du pays de Luxembourg. Luxembourg City: Victor Buck. Consultado em 3 de Dezembro de 2009 
  • (em francês) Funck, Antoine (1953). «Eyscheniana». Biographie nationale du pays de Luxembourg. Luxembourg City: Victor Buck. Consultado em 3 de Dezembro de 2009