Paul Henreid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paul Henreid
O ator, na década de 1940.
Nome completo Paul Georg Julius Freiherr von Hernried Ritter von Wasel-Waldingau
Nascimento 10 de janeiro de 1908
Trieste, Áustria-Hungria
Nacionalidade norte-americano
Morte 29 de março de 1992 (84 anos)
Santa Mônica
Ocupação ator, cineasta
Atividade 1933-1977
Cônjuge Elizabeth "Lisl" Gluck
(1936-1992, morte dele)
IMDb: (inglês)

Paul Georg Julius Freiherr von Hernried Ritter von Wasel-Waldingau[1] (Trieste, 10 de janeiro de 1908Santa Mônica, 29 de março de 1992),[1] mais conhecido como Paul Henreid, foi um ator e cineasta estadunidense nascido em Trieste, no antigo Império Austro-Húngaro.

É conhecido principalmente por seu papel de Jeremiah Durrance, em Now, Voyager (1942), e por Victor Laszlo, de Casablanca, onde integrou o triângulo amoroso composto por Ingrid Bergman e Humphrey Bogart.

Primeiros tempos[editar | editar código-fonte]

Nascido na cidade italiana de Trieste, então parte do Império Austro-Húngaro, Paul era filho de Maria-Luise (Lendecke) e Baron Carl Alphons, um banqueiro vienense.[2] Estudou teatro em Viena e estreou no palco sob a direção de Max Reinhardt. Começou a carreira cinematográfica atuando em produções alemãs na década de 1930.

Emigrou da Áustria para a Grã-Bretanha em 1935, um ano após a Guerra Civil Austríaca, que redundou na instauração do austrofascismo. Com o início da Segunda Guerra Mundial, Paul correu risco de ser deportado ou preso como inimigo, não fosse a intervenção de Conrad Veidt, graças à qual Paul foi autorizado a ficar na Inglaterra, em liberdade.[3]

Fez um pequeno papel em Goodbye, Mr. Chips e um papel secundário como um major da Alemanha nazista em Night Train to Munich (1940), que o levou a tentar uma carreira em Hollywood. Contratado pela RKO Pictures, em 1942, estrelou Joan of Paris, já creditado com o nome que se tornaria famoso.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1942, Paul Henreid fez seus dois papéis mais importantes. Em Now, Voyager, ele e Bette Davis criaram uma das cenas mais imitadas da tela, em que ele acende dois cigarros e entrega um a ela. O papel seguinte seria como Victor Laszlo, líder heroico antinazista, em Casablanca, de Michael Curtiz, com Humphrey Bogart e Ingrid Bergman. Em 1946, Henreid se tornou cidadão dos Estados Unidos.[4]

Paul participou de vários filmes ao longo da década de 1940, e no início de 1950 começou a dirigir para cinema e televisão. Seus trabalhos no cinema incluem Between Two Worlds (1944), The Spanish Main (1945), Of Human Bondage (1946), Song of Love (1947), Thief of Damascus (1952), Siren of Bagdad (1953) e The Four Horsemen of the Apocalypse (1962).

Na televisão, dirigiu Alfred Hitchcock Presents, Maverick, Bonanza e The Big Valley. Em 1964, Paul dirigiu Dead Ringer, com Bette Davis e, numa pequena participação, sua filha Monika.

Vida pessoal, morte e legado[editar | editar código-fonte]

Túmulo de Paul Henreid no cemitério de Santa Mônica.

Paul Henreid casou-se com Elizabeth "Lisl" Gluck (1908–1993) em 1936, e tiveram duas filhas.

Morreu de pneumonia em Santa Mônica e foi enterrado no Woodlawn Memorial Cemetery, naquela cidade.

Paul Henreid tem duas estrelas na Calçada da Fama de Hollywood, por sua obra no cinema e na TV.


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Paul Henreid
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.