Paul Pascal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paul Pascal
Nascimento 4 de julho de 1880
Saint-Pol-sur-Ternoise
Morte 26 de janeiro de 1968 (87 anos)
Caen
Nacionalidade Francês
Prêmios Prix La Caze (1928), Medalha de Ouro CNRS (1966)
Campo(s) Química, mineralogia, metalurgia

Paul Victor Henri Pascal (Saint-Pol-sur-Ternoise, 4 de julho de 1880Caen, 26 de janeiro de 1968) foi um químico, mineralogista e metalurgista francês.

Pascal graduou-se em física na Escola Normal Superior de Paris em 1905. Lecionou em um ginásio em Douai e casou nesta época. Em 1908 foi professor de ciências em Lille (na posterior Université Lille Nord de France), onde trabalhou com magnetoquímica. Obteve o doutorado (Doctorat en Science) em 1909 com tema sobre complexos organometálicos. Sua carreira acadêmica foi interrompida pela Primeira Guerra Mundial, durante a qual ele produziu substâncias militares como pólvora e explosivos.[1] Em 1919 sucedeu Alphonse Buisine (1856–1918) como professor de química aplicada e diretor da École nationale supérieure de chimie de Lille. Lecionou metalurgia no Institut industriel du Nord (École Centrale de Lille) e a partir de 1927 na École Centrale de Paris. De 1929 a 1938 foi professor de química geral e química dos metais e minerais (Chimie minérale) na Faculté des sciences de Paris.

Pascal interessou-se pela química de complexos do fosfato com aplicações industriais e militares. Foi pioneiro da magnetoquímica, sendo que no diamagnetismo as constantes de Pascal levam seu nome.[2]

Em 1966 recebeu a Medalha de Ouro CNRS. Em Bordeaux um centro de pesquisas do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) foi batizado com seu nome. Em 1945 tornou-se membro da Académie des Sciences. Foi comandante da Legião de Honra.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Synthèses et catalyses industrielles, fabrications minérales: leçons professées à la Faculté des sciences de Lille, Paris, J. Hermann, 1924, 2ª Edição 1930
  • Métallurgie et sidérurgie: Leçons professées à la faculté des sciences de Lille et à l'Institut industriel du Nord, Paris, J. Hermann, coll. Institut industriel du Nord, 1920-1921
  • Chimie générale, 4 volumes, Masson 1949-1952
  • Notions élémentaires de Chimie générale, Masson 1953
  • Co-autor e editor Nouveau traité de chimie minérale, 31 volumes, Paris, Masson, a partir de 1956 (Nova edição de Traité de Chimie minérale, Masson 1931-1934), de Pascal é o volume 20 Alliages métaliques
  • Póstumo por A. Pacault e G. Pannetier: Compléments au Nouveau traité de chimie minérale. Masson, Paris, 1974

Referências

  1. Laurence Lestel: Itinéraires de chimistes: 1857-2007, 150 ans de chimie en France avec les présidents de la SFC. Editor: EDP Sciences, 2008, página 411.
  2. Bain, Gordon A.; Berry , John F. (2008). «Diamagnetic Corrections and Pascal's Constants». J. Chem. Educ. 85: 532. doi:10.1021/ed085p532  pdf


Precedido por
Louis Eugène Félix Néel
Medalha de Ouro CNRS
1966
Sucedido por
Claude Lévi-Strauss


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.