Paulina Bonaparte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paolina Bonaparte
Princesa Consorte de Sulmona e Rossano
Princesa de Guastalla
Princesa de França
Paolina Bonaparte
Por Robert Lefèvre, 1806, Palácio de Versalhes
Duquesa de Guastalla
Reinado 24 de março de 1806
a 14 de agosto de 1806
 
Cônjuge Charles Leclerc
Camilo Borghese, 6.° Príncipe de Sulmona
Descendência Dermide Leclerc
Casa Bonaparte
Borghese
Nome completo
em italiano: Maria Paola Bonaparte
Nascimento 20 de outubro de 1780
  Casa Buonaparte, Ajaccio, Córsega
Morte 9 de junho de 1825 (44 anos)
  Florença, Toscana, Itália
Enterro Basílica de Santa Maria Maior, Roma, Itália
Religião Catolicismo
Pai Carlo Maria Bonaparte
Mãe Maria Letícia Ramolino


Maria Paola Buonaparte, mais conhecida como Pauline ou Paulina Bonaparte (Ajaccio, 20 de outubro de 1780Roma, 9 de junho de 1825) foi a primeira princesa reinante de Guastalla, uma princesa da França, e princesa consorte de Sulmona e Rossano. Era irmã de Napoleão Bonaparte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pouco se sabe sobre seus primeiros anos, e depois de problemas políticos de seu irmão Lucien, a família teve de fugir para Marselha, e ali foi apresentada por seu irmão a Louis-Marie Stanislas Fréron, com quem desejou casar, mas foi forçada ao matrimônio com Charles Leclerc, general de Napoleão, e com ele teve um filho, Dermide Louis Napoleon.

Embarcou com seu marido e filho para São Domingos em 1801, onde Leclerc assumiu o governo, mas veio a falecer de febre amarela em 1 de novembro de 1802, e sua esposa e filho voltaram à França, com uma herança de 700 mil francos, chegando em 1 de janeiro de 1803, e no mês seguinte estavam em Paris. Em seguida Napoleão começou a providenciar que Paulina casasse novamente, encontrando um candidato em Camillo Borghese, 6.º Príncipe de Sulmona, o que interessava a Napoleão por estabelecer um vínculo com a nobreza romana. Casaram-se em Capara em 28 de agosto de 1803, mas a amizade inicial entre os cônjuges logo se transformou em animosidade. Em 1806 Napoleão a fez princesa e duquesa de Guastalla, mas logo ele vendou o ducado por seis milhões de francos e Paulina apenas reteve o título de princesa.

Depois da queda de Napoleão Pauline vendeu todos os seus bens e se mudou para a Ilha de Elba junto com o irmão, e depois da Batalha de Waterloo ela foi morar em Roma, onde recebeu a proteção do papa Pio VII e passou a viver numa villa perto da Porta Pia. Três meses antes de Pauline falecer de tuberculose, se reconciliou com Camillo.

Precedida por:
Ana Maria Salviati
Princesa Consorte de Sulmona e Rossano
1803 - 1825
Sucedida por:
Adela, Condessa de La Rochefoucauld
Precedida por:
Fernando I de Parma
Duquesa de Guastalla
24 de março de 1806 - 14 de agosto de 1806
Sucedida por:
Maria Luísa de Áustria

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Paulina Bonaparte

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.