Paulinho Moccelin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Paulinho Moccelin
Informações pessoais
Nome completo Paulo Roberto Moccelin
Data de nasc. 16 de março de 1994 (26 anos)
Local de nasc. Guaporé, Rio Grande do Sul, Brasil
Altura 1,68 m
Destro
Apelido Paulinho
Informações profissionais
Clube atual Chapecoense
Número 94
Posição Atacante
Clubes de juventude
Juventude
Clubes profissionais
Anos Clubes
2012
2013–2017
2014
2014
2015
2015
2016
2016
2017
2017–2018
2018
2018–2021
2019
2020–2021
2021–
Juventude
Grêmio
Fortaleza (emp.)
Londrina (emp.)
Londrina (emp.)
Coritiba (emp.)
Londrina (emp.)
Cuiabá (emp.)
Tubarão
São José-RS
Maringá (emp.)
Londrina
Novorizontino (emp.)
Chapecoense (emp.)
Chapecoense

Paulo Roberto Moccelin, mais conhecido apenas como Paulinho Moccelin ou simplesmente Paulinho (Guaporé, 16 de março de 1994), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente joga na Chapecoense.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Juventude[editar | editar código-fonte]

Nascido em Guaporé, iniciou a sua carreira nas categorias de base do Juventude, cujo em 2012 se tornou jogador profissional.

Grêmio[editar | editar código-fonte]

Porém, jogou pouco no Juventude e no início de 2013, foi transferido para o Grêmio em um pacote de contratações que ainda contava com Alex Telles, Bressan, Ramiro e Jakson Follmann.[1][2] Sua primeira partida e primeiro gol registrados aconteceram em 20 de janeiro, quando sua equipe venceu o Esportivo fora de casa por 2 a 0, pelo Campeonato Gaúcho de 2013.[3]

No total da sua primeira passagem, fez 16 partidas e marcou dois gols.

Fortaleza[editar | editar código-fonte]

Por causa do baixo uso no Grêmio, Paulinho foi emprestado ao Fortaleza em 14 de março de 2014.[4] Fez sua primeira partida pelo tricolor cearense em 23 de março, quando sua equipe venceu o Guarany de Sobral em casa por 3 a 1, pelo Campeonato Cearense de 2014.[5] Seu primeiro gol aconteceu em 27 de março, quando sua equipe venceu o Horizonte em casa por 3 a 2.[6]

No total, fez 5 partidas e marcou um gol. Entretanto, não estava bem no clube e acabou sendo devolvido ao Grêmio dois meses depois.

Londrina[editar | editar código-fonte]

Em 3 de junho de 2014, o Paulinho foi novamente emprestado, desta vez para o Londrina.[7] Sua primeira partida aconteceu em 31 de julho, começando como titular em uma vitória por 2 a 1 em casa sobre o Santos, pela Copa do Brasil de 2014.[8] Já seu primeiro gol pelo Londrina aconteceu em 14 de setembro, durante um empate fora de casa por 1 a 1 com o Metropolitano, pela Série D de 2014.[9]

Paulinho teve a função de auxiliar o clube a ser promovido na Série D de 2014, na sua primeira passagem no Londrina, Paulinho fez 11 partidas e 2 gols.

Segunda passagem pelo Grêmio[editar | editar código-fonte]

Em 2015, o atacante retornou ao Grêmio após uma boa campanha no Londrina.[10] Mas, apenas atuou em apenas um jogo pelo clube em 11 de fevereiro, entrando como substituto em uma derrota por 1 a 0 em casa contra o Brasil de Pelotas, pelo Campeonato Gaúcho de 2015.[11][12]

Segunda passagem pelo Londrina[editar | editar código-fonte]

Após um retorno apagado no Grêmio, Paulinho retornou ao Londrina em 2015, mais uma vez por empréstimo.[10] Sua reestreia aconteceu em 14 de março, começando como titular em um empate por 0 a 0 com o Paraná, pelo Campeonato Paranaense de 2015.[13] Seu primeiro gol após seu retorno aconteceu em 12 de abril, quando sua equipe venceu por 1 a 0 em casa o Coritiba, sendo seu único gol na sua segunda passagem.[14]

Na sua segunda passagem pelo Londrina, fez apenas 9 jogos e marcou um gol, todos de titular.

Coritiba[editar | editar código-fonte]

Em 20 de maio de 2015, Paulinho foi anunciado como o novo reforço do Coritiba, por um contrato de empréstimo até o final da temporada.[10][15][16] Fez sua estreia em 24 de maio, quando entrou como substituto de Thiago Galhardo em uma derrota por 1 a 0 contra o Sport, pela pela Série A de 2015.[17][18] Marcou seu primeiro gol alviverde em 30 de maio, o único gol de uma derrota em casa por 2 a 1 para o Avaí.[19]

No total pelo Coritiba, Paulinho fez 10 partidas e marcou apenas um gol.

Terceira passagem pelo Londrina[editar | editar código-fonte]

Em 8 de janeiro, Paulinho retornou mais uma vez ao Londrina por um empréstimo até o fim do ano, sendo a sua terceira passagem pelo clube paranaense.[20][21] Sua reestreia aconteceu em 31 de janeiro, quando entrou de substituto em uma vitória por 2 a 0 contra o PSTC, pelo Campeonato Paranaense de 2016.[22]

Neste mesmo ano, Paulinho passou a usar o sobrenome Moccelin, por causa da presença do lateral-esquerdo Paulinho no elenco. Desta vez, o atacante disputou 31 jogos, sendo 13 pelo Campeonato Paranaense de 2016, dois jogos pela Copa do Brasil de 2016 e outros 16 jogos na Série B de 2016. Desta vez, ele passou em branco, sem nenhum gol marcado.[23]

Cuiabá[editar | editar código-fonte]

Em 11 de agosto de 2016, Paulinho Moccelin rescindiu seu contrato com o Londrina para assinar um contrato de empréstimo com o Cuiabá.[23] Sua primeira partida com o clube mato-grossense aconteceu em 21 de agosto, quando sua equipe empatou fora de casa com o Salgueiro por 2 a 2, pela Série C de 2016.[24]

Teve um desempenho muito apagado no Cuiabá, fez apenas 5 partidas e marcou nenhum gol.

Tubarão[editar | editar código-fonte]

Em 2017, o Tubarão contratou Paulinho Moccelin em definitivo, sendo uma das 17 contratações da equipe no ano.[25] Sua estreia na equipe catarinense aconteceu em 29 de janeiro, quando sua equipe empatou fora de casa com o Metropolitano, pela Campeonato Catarinense de 2017.[26] Após ficar desde 2015 sem marcar gols, em 29 de março, marcou o sexto gol da goleada em casa por 6 a 0 sobre a Inter de Lages.[27]

No total, no Tubarão fez 11 partidas e marcou apenas um gol.

São José-RS[editar | editar código-fonte]

Em 2017, após uma rápida passagem no Atlético Tubarão para a disputa do Campeonato Catarinense de 2017, Paulinho foi anunciado pelo São José.[28] Sua estreia aconteceu em 22 de julho, quando sua equipe empatou em casa por 0 a 0 contra o São Bernardo, pela Série D de 2017.[29]

Pelo São José, atuou em apenas 3 partidas e maioria no banco de reservas, além de ter participado da equipe que foi campeã da Copa FGF de 2017.

Maringá[editar | editar código-fonte]

Em 6 de fevereiro de 2017, foi anunciada a contratação de Paulinho Moccelin ao Maringá, por um contrato de empréstimo até o fim do Campeonato Paranaense de 2018.[30][31] Sua primeira partida com o clube aconteceu em 20 de janeiro, quando sua equipe foi derrotada fora de casa para o Atlético Paranaense por um placar de 2 a 1.[32]

No total pelo Maringá, fez 20 partidas e marcou nenhum gol.

Quarta passagem pelo Londrina[editar | editar código-fonte]

Em 26 de junho de 2018, foi anunciado que Paulinho Moccelin acertou a sua transferência ao Londrina em definitivo, sendo essa sua quarta passagem pelo clube.[33] Sua primeira partida após mais um retorno ao clube paranaense aconteceu em 5 de julho, quando sua equipe empatou fora de casa por 1 a 1 com o Vila Nova, aonde também na mesma partida marcou um gol, pela Série B de 2018.[34]

Na sua quarta passagem pelo Londrina, Paulinho Moccelin fez 21 partidas e marcou 2 gols.

Grêmio Novorizontino[editar | editar código-fonte]

Em 19 de novembro de 2019, foi anunciado que Paulinho Moccelin estaria na lista de emprestados ao Grêmio Novorizontino por curto prazo, a ideia da diretoria do Londrina era utilizar alguns jogadores da base e outros nomes do atual elenco que não tiveram muita oportunidade durante a Série B do Brasileiro.[35][36] Fez sua primeira partida pelo clube do interior paulista em 21 de janeiro, quando sua equipe venceu por 1 a 0 sobre o Ituano, pelo Campeonato Paulista de 2019.[37]

Revezando entre a titularidade e o banco, Paulinho fez 7 partidas e marcou nenhum gol pelo Grêmio Novorizontino.

Quinta passagem pelo Londrina[editar | editar código-fonte]

Em 4 de abril de 2019, após a disputa do Campeonato Paulista de 2019, o atacante retornou ao Londrina.[38] Seu quarto retorno ao clube aconteceu em 18 de abril, quando sua equipe foi derrotada fora de casa por 4 a 0 para o Bahia, onde conseguiu ser expulso na mesma partida, pela Copa do Brasil de 2019.[39] Seu primeiro gol na quinta passagem aconteceu em 6 de agosto, quando sua equipe foi derrotada fora de casa por 4 a 3 contra o América Mineiro, pela Série B de 2019.[40]

Na sua quinta passagem pelo Londrina, fez 24 partidas e marcou apenas 2 gols.

Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Em 31 de janeiro de 2020, foi anunciado o empréstimo de Paulinho Moccelin à Chapecoense até o final do Campeonato Catarinense de 2020.[41][42] Sua estreia aconteceu em 9 de fevereiro, quando entrou como substituto em uma derrota fora de casa para o Marcílio Dias por 1 a 0, aonde também conseguiu ser expulso.[43] Seu primeiro gol aconteceu em 15 de março, quando sua equipe venceu fora de casa por 3 a 1 sobre o Tubarão.[44]

Ganhando confiança da equipe, o atacante Paulinho Moccelin caiu nas graças da torcida da Chapecoense, além de ganhar a titularidade absoluta após revezar da titularidade ao banco de reservas.[45] Devido à paralisação do Campeonato Catarinense de 2020 por conta da pandemia do novo coronavírus, seu contrato de empréstimo que era previsto para acabar no fim do campeonato, foi renovado em 19 de junho até janeiro de 2021.[46][47]

Em 4 de janeiro de 2021, o jogador causou uma polêmica após participar de uma festa sem usar máscara, o vídeo circulou nas redes sociais desde então. Mesmo de folga, a recomendação do clube era para os jogadores seguirem o protocolo de uso de máscara e álcool gel, além de evitar a exposição por conta da COVID-19. Fato esse que custou o seu afastamento temporário das atividades da Chapecoense, sendo que após testar negativo para a doença foi reintegrado dias depois.[48][49][50][51]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Juventude
Londrina
São José-RS
Chapecoense

Referências

  1. «Parceria colocará quatro jogadores do Juventude no Grêmio em 2013». Globo Esporte. 25 de dezembro de 2012 
  2. «Grêmio contrata 4 do Juventude; argentino e renovações viram foco». Terra Esportes. 28 de dezembro de 2012 
  3. «MENINOS MARCAM, E GRÊMIO VENCE O ESPORTIVO NA ESTREIA DO GAUCHÃO». Globo Esporte. 20 de janeiro de 2013 
  4. «Fortaleza contrata atacante Paulinho, ex-Grêmio, para reta final do Cearense». Globo Esporte. 14 de março de 2014 
  5. «Fortaleza vence de virada o Guarany (S) e mantém invencibilidade». Diário do Nordeste. 23 de março de 2014 
  6. «FORTALEZA VS. HORIZONTE 3 - 2». Soccerway. 27 de março de 2014 
  7. «Londrina volta aos treinos e apresenta cinco reforços». Redação em Campo. 3 de junho de 2014 
  8. «CAMARONÊS MARCA DOIS, E LONDRINA VENCE "SANTOS B" NA COPA DO BRASIL». Globo Esporte. 31 de julho de 2014 
  9. «Londrina empata com o Metropolitano em Blumenau e segue invicto na Série D». Futebol Paranaense. 14 de setembro de 2014 
  10. a b c «Após passagem relâmpago no Grêmio, Paulinho vive recomeço no Coritiba». Globo Esporte. 5 de junho de 2015 
  11. «Ficha Técnica: Grêmio 0 x 1 Brasil de Pelotas». Gazeta Esportiva. 11 de fevereiro de 2015 
  12. «No adeus de Moreno, irregular Grêmio perde para Brasil-RS». Terra. 12 de fevereiro de 2015 
  13. «Londrina e Paraná fazem jogo sem criatividade e empatam em 0 a 0». Globo Esporte. 14 de março de 2015 
  14. «Londrina vence o Coritiba no primeiro jogo e leva vantagem para o Couto Pereira». Globo Esporte. 12 de abril de 2015 
  15. «Coritiba ganha o reforço de Paulinho, ex-Londrina e Grêmio». Tribuna do Paraná. 20 de maio de 2015 
  16. «Paulinho chega ao Coritiba e agradece ao técnico Claudio Tencati». Tribuna do Paraná. 22 de maio de 2015 
  17. «Com vitória sobre Coritiba em partida parelha, Sport retoma topo da Série A». Globo Esporte. 24 de maio de 2015 
  18. «Paulinho estreia no Coxa». Coritiba. 24 de maio de 2015 
  19. «Avaí aproveita bobeiras do Coritiba, faz 2 a 1 no Couto Pereira e cola no G-4». Globo Esporte. 30 de maio de 2015 
  20. «Atacante Paulinho confirma acerto e comemora retorno ao Londrina». Globo Esporte. 8 de janeiro de 2016 
  21. «Paulinho faz conta modesta de gols para terceira passagem no Londrina». Globo Esporte. 15 de janeiro de 2016 
  22. «Londrina estreia com vitória de 2 a 0 sobre o PSTC». Globo Esporte. 31 de janeiro de 2016 
  23. a b «Paulinho Moccelin deixa o Londrina e vai disputar a Série C pelo Cuiabá». Globo Esporte. 11 de agosto de 2016 
  24. «Salgueiro e Cuiabá empatam em 2 a 2 em jogo eletrizante no segundo tempo». Globo Esporte. 21 de agosto de 2016 
  25. «Tubarão fez 15 contratações para permanecer na elite do Catarinense». ND+. 20 de janeiro de 2017 
  26. «Em tarde de goleiros e pênalti perdido, Metrô e Tubarão empatam sem gols». Globo Esporte. 29 de janeiro de 2017 
  27. «Com hat-trick de Rentería e dois e Ratão, Tubarão goleia o Inter de Lages: 6 a 0». Globo Esporte. 29 de março de 2017 
  28. «Atacante Paulinho é reforço para a sequência da Série D». São José 
  29. «São Bernardo empata com São José e define classificação em casa». Gazeta Esportiva. 22 de julho de 2017 
  30. «Maringá FC contrata Paulinho Moccelin para disputa do Paranaense 2018». Paiquerê. 6 de dezembro de 2017 
  31. «Moccelin reforça o Maringá no Paranaense». Folha de Londrina. 7 de dezembro de 2017 
  32. «Atlético-PR aproveita bola parada e vence o Maringá na estreia pelo Paranaense». Globo Esporte. 20 de janeiro de 2018 
  33. «Londrina acerta retornos dos atacantes Paulinho Moccelin e Jô para Série B». Globo Esporte. 26 de junho de 2018 
  34. «Vila Nova sai na frente com falha de goleiro, mas Londrina busca empate no fim». Globo Esporte. 5 de julho de 2018 
  35. «Londrina vai iniciar temporada com técnico do sub-19 e promessa de retorno de Fonseca para Série B». Globo Esporte. 19 de novembro de 2018 
  36. «Emprestado pelo Londrina, Novorizontino apresenta Paulinho Moccelin». Globo Esporte. 19 de dezembro de 2018 
  37. «Em Itu, Novorizontino surpreende o Ituano e estreia no Paulistão 2019 com vitória». Globo Esporte. 21 de janeiro de 2019 
  38. «Moccelin é o único que volta do Novorizontino». Folha de Londrina. 4 de abril de 2019 
  39. «Em dia de Nino, Bahia vence o Londrina e encaminha classificação na Copa do Brasil». Globo Esporte. 18 de abril de 2019 
  40. «América-MG vence o Londrina, quebra jejum em casa e mantém reação na Série B». Globo Esporte. 6 de agosto de 2019 
  41. «Paulinho Moccelin é o novo reforço da Chapecoense». Chapecoense. 31 de janeiro de 2020 
  42. «Chapecoense anuncia Paulinho Moccelin, do Londrina, como reforço». NSC. 31 de janeiro de 2020 
  43. «Com golaço de Rodrigo, Marcílio Dias vence a Chapecoense». Globo Esporte. 9 de fevereiro de 2020 
  44. «Chapecoense vence e avança às quartas de final; Tubarão vai para o mata-mata do rebaixamento no Catarinense». Globo Esporte. 15 de março de 2020 
  45. «Internautas elegem Paulinho Moccelin como o melhor reforço da Chapecoense». Globo Esporte. 11 de abril de 2020 
  46. «Paulinho Moccelin renova contrato com a Chapecoense». Chapecoense. 19 de junho de 2020 
  47. «Chapecoense acerta com Londrina e amplia empréstimo de Paulinho Moccelin até o fim da Série B». Globo Esporte. 19 de junho de 2020 
  48. «Paulinho Moccelin, atacante da Chapecoense, participa de festa sem usar máscara; vídeo». Globo Esporte. 4 de janeiro de 2021 
  49. «Chape afasta Paulinho Moccelin das atividades após atacante ser flagrado em festa sem máscara». Globo Esporte. 5 de janeiro de 2021 
  50. «Após resultado negativo em exame de Covid-19, Chape reintegra Paulinho Moccelin». Globo Esporte. 6 de janeiro de 2021 
  51. «Chapecoense reintegra atacante Paulinho Moccelin após teste negativo de covid-19». IstoÉ. 7 de janeiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.