Paulo (exarca)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Paulo.
Paulo
Morte 727
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação Governador
Título
Religião Cristianismo

Paulo (em latim: Paulus; em grego: Παύλο; 727) foi um exarca de Ravena de 723 a 727. Segundo John Julius Norwich, a pessoa tradicionalmente reconhecida como o primeiro doge de Veneza, Paulo Lúcio Anafesto, foi na verdade o exarca Paulo. Contudo, o mestre dos soldados (magister militum) de Paulo teve o mesmo primeiro nome do reputado sucessor do doge, Marcelo Tegaliano, lançando dúvidas sobre a autenticidade deste doge também.[1]

Em 727, o exarcado rebelou-se contra a imposição da iconoclastia pelo imperador Leão III, o Isauro (r. 717–741). Os exércitos de Ravena e do Ducado da Pentápolis amotinaram, denunciando tanto o exarca Paulo como o imperador Leão III, e derrubaram aqueles oficiais que permaneceram leais. Paulo reuniu as forças leais e tentou restaurar a ordem, mas foi morto. Os exércitos deliberaram sobre elegerem o próprio imperador deles e marchar sobre Constantinopla, mas quando procuraram o conselho do papa Gregório II, ele dissuadiu-os de agir contra o atual imperador.[2]

Referências

  1. Norwich 1982, p. 13.
  2. Richards 1979, p. 220.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Norwich, John Julius (1982). A History of Venice. Nova Iorque: Alfred A. Knopf Incorporated. ISBN 0-394-52410-1 
  • Richards, Jeffrey (1979). The Popes and the Papacy in the Early Middle Ages, 476–752. Londres e Boston: Routledge & Kegan Paul. ISBN 0-7100-0098-7 
Precedido por
Escolástico
CoA civ ITA ravenna.png
Exarca de Ravena
723 - 727
Sucedido por
Eutíquio