Paulo Dias Novaes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o explorador português, veja Paulo Dias de Novais.
Década de 80

Paulo Dias Novaes (Avaré, 11 de novembro de 1928 — Avaré, 15 de agosto de 2007 ), filho de José de Araujo Novaes (Juca) e Judith Dias Baptista Novaes, foi um político brasileiro.[1]

Conhecido como Doutor Paulinho, médico, formado no Rio de Janeiro. Casou-se com Maria Margarida Piedade Novaes com quem teve oito filhos, sendo que o segundo filho Paulo Dias Novaes Filho é atualmente o prefeito de Avaré (2013-2016), seguindo os passos do pai.

Irmão do acadêmico Israel Dias Novaes.

Foi vereador diversas vezes, cinco legislaturas, vice-prefeito e prefeito de Avaré de 1983 a 1988, foi superintendente do IAMSPE. Sua gestão como prefeito foi marcada por diversas obras sociais, como a construção da cozinha piloto, praças e escolas; culturais, como a Fampop[2][3][4] e a Feira das Nações; e estruturais, como a construção da rodoviária e da Avenida Misael Eufrásio Leal, dentre outras.

Foi o vereador mais votado proporcionalmente de toda a história de Avaré, eleito em 1968 com 1.906 votos que correspondia a um sexto do eleitorado avareense (11.157 eleitores).[5]

Foi deputado federal[6] de 1992 a 1994, quando presidiu a CPI da Previdência Social, na qual foi descoberto um rombo bilionário no INSS do Rio de Janeiro.[7][8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]