Paulo Foiani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paulo Foiani
Informações pessoais
Nome completo Paulo Foiani
Data de nasc. 29 de novembro de 1976 (42 anos)
Local de nasc. Santo André (SP), Brasil
Altura 1,79 m
Informações profissionais
Equipa atual Brasil Marcílio Dias
Posição Treinador (Ex-volante)
Clubes de juventude
1991–1994 Londrina
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1995–1996
1997–1998
1999
1999–2001
2002
2003
2003
2004
2004
2004
2005–2006
2006
2007
2007
2007
2008
2009
2010
2010–2011
2012
2012
2012
Londrina
Coritiba
Joinville (emp.)
Coritiba
Guarani
Villa Nova
América
Caxias-SC
Veranópolis
Chapecoense
Avaí
Ituiutaba
Atlético Sorocaba
Itapirense
Hoa Phat
Itapirense
ASA
CRB
Icasa
Anapolina
Operário-PR
Cambé
Times/Equipas que treinou
2013
2013
2014
2014
2014–2015
2015
2015
2016
2016
2017
2017
2017
2017-2018
2018
2019
2019–
Operário-PR (auxiliar)
Marcílio Dias
Toledo
Operário-PR
FC Cascavel
Camboriú-SC
Juazeirense-BA
Jacuipense-BA
ASA
Campinense
Tricordiano
Fluminense de Feira
Sinop
FC Cascavel
Boa Esporte
Marcílio Dias

23 (15V, 4E, 6D)






17 (6V, 6E, 5D)
4 (1V, 2E, 1D)

Paulo Foiani (Santo André, 29 de novembro de 1976), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como volante. Atualmente é treinador do Marcílio Dias.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Filho de Natalino Foiani e Margarida Tonin Foiani. Atuava como volante, defendeu o Avaí, Hoa Phat do Vietnã, CRB[1][2] e Icasa.[3]

No ano de 2012, após defender o Cambé na Terceira Divisão do Campeonato Paranaense,[4] Paulo Foiani anunciou a sua aposentadoria.[5][6]

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Foiani iniciou sua carreira como treinador, sendo auxiliar do então técnico do Operário-PR Lio Evaristo, em 2013. Ainda no mesmo ano, chegou a comandar a equipe de forma interina.[7] Ainda no mesmo ano Foiani assumiu, também de forma interina, o Marcílio Dias na Divisão Especial do Campeonato Catarinense, após a demissão do então treinador Paulo Turra.[8] Dias depois, a diretoria anunciou a efetivação de Foiani no cargo de treinador do Marcílio.[9] Ao fim da competição, Foiani conquistou o título da Divisão Especial e o tão esperado acesso à Divisão Principal.[10][11] Apesar da boa campanha, Foiani não foi procurado para renovar o contrato com o time Rubro-Anil de Itajaí.

Para a temporada de 2014, Foiani assinou com o Toledo para comandar o clube no Campeonato Paranaense.[12] Ele seguiu como treinador da equipe até o final da competição, mas o time acabou sendo rebaixado à segunda divisão estadual.[13][14] Na sequencia da temporada, Foiani assumiu o time do FC Cascavel.[15] Em abril de 2015, Foiani deixa o comando do FC Cascavel, com o sentimento de dever cumprido, ele ganhou com o clube paranaense, Campeonato Paranaense - Segunda Divisão 2014[16], deixando o clube na elite do Campeonato Paranaense de 2015.[17] Em 2015 disputou ainda pelo FC Cascavel o Campeonato paranaense 1° Divisão[18], e teve uma rápida passagem pelo Camboriú Futebol Clube de Santa Catarina, durando apenas oito jogos no comando do clube.[19]

No dia 14 de outubro de 2015, Foiani assume o comando da Juazeirense da Bahia, contratado para comandar o Cancão de Fogo na disputa da Copa Governador do Estado e com projeto de seguir à frente da Juazeirense nas disputas da Copa do Nordeste e Campeonato Baiano em 2016.[20] Em dezembro de 2015, Foiani deixa o comando do Juazeirense, ele e a diretoria do Cancão de Fogo não chegaram em um acordo para 2016, Foiani foi vice-campeão com a equipe baiana da Copa Governador do Estado da Bahia.[21] No começo de 2016, Paulo Foiani comandou a Jacuipense-BA em alguns jogos do Campeonato Baiano, ele deixou a equipe baiana em comum acordo com a diretoria, o motivo da saída do clube foi maus resultados.

Paulo Foiani acertou com o ASA, para comandar a equipe alagoana no restante do ano, Foiani já é conhecido pelo o ASA, pois defendeu a equipe ainda como jogador.[22] Em 12 de outubro de 2016, Paulo Foiani revelou que não comandaria o ASA na próxima temporada, Foiani comandou a equipe arapiraquense em 17 jogos, foram seis vitórias, seis empates e cinco derrotas, a equipe não conseguiu o acesso a Série B do Brasileirão de 2017.[23] A diretoria do Campinense anunciou em 14 de outubro de 2016, que Foiani comandará o clube na próxima temporada.[24] Após um começo de temporada ruim no Campinense, Foiani acabou sendo demitido em 19 de janeiro de 2017, ele comandou o clube em 4 jogos neste ano, conquistando apenas uma vitória no Campeonato Paraibano, deixando a equipe em sexta posição no estadual.[25]

Em 09 de fevereiro de 2017, Foiani acertou com o Tricordiano, para o restante do Campeonato Mineiro, ele assume a equipe em décimo lugar na classificação e uma equipe que vem de duas derrotas.[26] Em 27 de março de 2017, após a derrota para o América-MG, no Campeonato Mineiro, Foiani deixou o comando do Tricordiano, ele comandou o clube do interior em sete partidas, conquistando 5 empates e 2 derrotas.[27] Foiani acertou com o Fluminense de Feira, clube do estado da Bahia, para comandar a equipe na Série D do Brasileirão. Com a eliminação do clube baiano na competição nacional, houve o desligamento do então treinador do clube.[28]

No dia 25 de agosto de 2017, ele foi confirmado como novo treinador do Sinop Futebol Clube, o treinador aceitou o projeto do clube mato-grossense em comandar o time na Copa Mato Grosso que como prêmio ao campeão da copa, garantirá vaga na Copa do Brasil de 2018.[29]No dia 05 de maio de 2018, Foiani anunciou seu desligamento do comando do Sinop Futebol Clube, o ex treinador já havia adiantado a diretoria que deixaria o clube logo após o jogo contra a Aparecidense-GO na Série D, pois havia recebido uma proposta de um ex clube, o treinador paulista chegou ao comando da equipe do estado do Mato Grosso no segundo semestre de 2017, onde no início de 2018 chegou com o clube na final do estadual, feito que rendeu ao Sinop Futebol Clube vaga na Série D e na Copa do Brasil de 2019. Já na Série D, Paulo Foiani deixou a equipe bem encaminhada, necessitando apenas de uma vitória para classificar à próxima fase da competição.[30]

Em 05 de maio de 2018, Paulo Foiani assumiu o comando de seu ex clube o FC Cascavel para a disputa do Paranaense do ano seguinte[31]. Mais uma vez entrando para a história do clube, sendo semifinalista da Taça Barcímio Sucupira,[32] e terminando o Campeonato Paranaense na 7° colocação, conquistando uma vaga para o Campeonato Brasileiro serie d de 2020.[33]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Jogador[editar | editar código-fonte]

Coritiba
ASA

Treinador[editar | editar código-fonte]

Marcílio Dias

Cascavel

Referências

  1. «Nota Oficial do ASA - Caso Paulo Foiani e a resposta do Cadaminuto». Cada Minuto. 26 de setembro de 2009. Consultado em 27 de junho de 2013. Arquivado do original em 30 de outubro de 2009 
  2. «CRB news». Globoesporte.com. 1 de novembro de 2009. Consultado em 27 de junho de 2013 
  3. «Paulo Foiane é o novo reforço do Icasa-CE». Maceió Agora. 27 de abril de 2010. Consultado em 27 de junho de 2013 [ligação inativa]
  4. «Terceirona tem pontapé inicial hoje». Diário dos Campos. 26 de agosto de 2012. Consultado em 27 de junho de 2013. Arquivado do original em 27 de abril de 2014 
  5. «Paulo Foiani anuncia a aposentadoria!». Memória Avaiana. 18 de dezembro de 2012. Consultado em 27 de junho de 2013. Arquivado do original em 27 de abril de 2014 
  6. «Ídolo do ASA na conquista do acesso, Paulo Foiani anuncia aposentadoria». Minuto Arapiraca. 26 de dezembro de 2012. Consultado em 27 de junho de 2013. Arquivado do original em 18 de janeiro de 2013 
  7. «Paulo Foiani encara o desafio». Futebol Paranaense. 27 de fevereiro de 2013. Consultado em 27 de junho de 2013 
  8. «Mais de 20 times já trocaram de técnicos nas Séries A, B, C e D. Confira!». Futebol Interior. 25 de junho de 2013. Consultado em 27 de junho de 2013 
  9. «Agenor Piccinin assume cargo de Coordenador Técnico». Futebol SC. 2 de julho de 2013. Consultado em 4 de julho de 2013 [ligação inativa]
  10. «Depois do acesso, Paulo Foiani quer o título para o Marcílio Dias». Globoesporte.com. 1 de outubro de 2013. Consultado em 19 de novembro de 2013 
  11. «Paulo Foiani leva Marcílio Dias ao título da Divisão de Acesso do Catarinense». Futebol Interior. 6 de outubro de 2013. Consultado em 19 de novembro de 2013 
  12. «Toledo apresenta técnico para 2014». Vale Verde FM. 18 de novembro de 2013. Consultado em 19 de novembro de 2013. Arquivado do original em 27 de abril de 2014 
  13. «Toledo perde e é rebaixado». Vale Verde FM. 14 de abril de 2014. Consultado em 5 de maio de 2014. Arquivado do original em 5 de maio de 2014 
  14. «Time de Toledo é rebaixado para a segundona do paranaense de futebol». Catve.com. 14 de abril de 2014. Consultado em 5 de maio de 2014 
  15. «Futebol: FCC confirma Paulo Foiani como novo treinador». Catve.com. 3 de maio de 2014. Consultado em 5 de maio de 2014 
  16. «Futebol: FC Cascavel vence o Nacional e conquista Divisão de Acesso». catve.com. Consultado em 22 de setembro de 2019 
  17. «Futebol Interior: O maior portal do futebol brasileiro!». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 20 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 16 de abril de 2015 
  18. «Futebol: FCC apresenta elenco para disputa da primeira divisão». catve.com. Consultado em 22 de setembro de 2019 
  19. «Paulo Foiani não é mais o técnico do Camboriú». Linha Popular. 9 de julho de 2015. Consultado em 20 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 21 de dezembro de 2016 
  20. [http://www.galaticosonline.com.br/noticia/14/10/2015/56571,treinador-da-juazeirense-espera-repetir-sucesso-do-sul-em-equipe-baiana.html «Treinador da Juazeirense espera repetir sucesso do Sul em equipe baiana - Not�cias - Galáticos Online»]  replacement character character in |titulo= at position 78 (ajuda)
  21. «Futebol Interior: O maior portal do futebol brasileiro!». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 20 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 23 de março de 2016 
  22. «ASA anuncia Paulo Foiani como novo técnico para a sequência da Série C». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 20 de dezembro de 2016 
  23. «Técnico Paulo Foiani revela que não fica no ASA para a próxima temporada». globoesporte.com 
  24. «Conheça Paulo Foiani, novo treinador do Campinense para temporada 2017». globoesporte.com 
  25. «Paulo Foiani é demitido do Campinense após início ruim em 2017». "Globoesporte.globo.com". 19 de janeiro de 2017. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  26. «Tricordiano contrata Paulo Foiani, técnico destaque da Série C». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  27. «Paulo Foiani deixa o Tricordiano após derrota para o América-MG». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 28 de março de 2017 
  28. «Fluminense de Feira anuncia saída do técnico Paulo Foiani; Sales e Lira são procurados». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 20 de outubro de 2017 
  29. «Paulo Foiani é apresentado no Sinop: "Vim para ser campeão!"». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 20 de outubro de 2017 
  30. «Após encaminhar vaga no Sinop, Paulo Foiani retorna ao Paraná». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 8 de maio de 2018 
  31. «Futebol: FC Cascavel anuncia Paulo Foiani como técnico para próxima temporada». catve.com. Consultado em 22 de setembro de 2019 
  32. «Futebol: FC Cascavel está na semifinal da Taça Barcímio Sicupira». catve.com. Consultado em 22 de setembro de 2019 
  33. «Alerta Paraná». www.alertaparana.com.br. Consultado em 22 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) treinador(a) de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.