Paulo Gustavo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Paulo Gustavo (humorista))
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Este artigo ou seção parece estar escrito em formato publicitário ou apologético.
Por favor ajude a reescrever este artigo para que possa atingir um ponto de vista neutro, evitando assim conflitos de interesse.
Para casos explícitos de propaganda, em que o título ou todo o conteúdo do artigo seja considerado como um anúncio, considere usar {{spam}}, regra n° 6 da eliminação rápida.
Paulo Gustavo
O humorista em 2015.
Nome completo Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros
Nascimento 30 de outubro de 1978 (37 anos)
Niterói  Rio de Janeiro
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Ator, humorista, dramaturgo, diretor, roteirista, apresentador, escritor
Atividade 2004-atualmente
Cônjuge Thales Bretas (2015- atual)
Outros prêmios
Indicação ao Emmy de Melhor ator Internacional em Série de Comédia - Vai que Cola - 2015
Página oficial
IMDb: (inglês)

Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros, conhecido simplesmente como Paulo Gustavo (Niterói, 30 de outubro de 1978) é um ator e humorista brasileiro, conhecido por seu programa 220 Volts e por sua peça, o monólogo Minha Mãe é Uma Peça que em 2013 foi para os cinemas como um longa-metragem, sendo o filme mais assistido no Brasil em 2013.[1] Indicado ao "Prêmio Shell" de Melhor Ator, Paulo Gustavo se formou na Casa de Arte das Laranjeiras (CAL), no início de 2005[2] junto com Fábio Porchat, Marcus Majella, entre outros.

Publicou o livro Minha Mãe é Uma Peça (com histórias inéditas de Dona Hermínia) que narra suas peripécias, lançado pela editora Objetiva.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Paulo Gustavo ganhou visibilidade no final de 2004, quando integrou o elenco da peça "Surto", comédia de grande sucesso de público e crítica. Na ocasião, apresentou a divertida Dona Hermínia, que viria se tornar uma de suas personagens mais conhecidas.

Após sua formatura, em janeiro 2005, deixou o elenco de "Surto" e passou a integrar a peça "Infraturas", de autoria do ator e dramaturgo Fábio Porchat, que esteve em cartaz até o início de 2006, sob a direção da atriz Malu Valle. No mesmo ano, apresentou também o espetáculo "João Ternura", sob a direção de Marcus Alvisi. Trabalhou ainda com os diretores Adriano Garib, Celina Sodré e David Herman.

Em 2006, estreou o espetáculo "Minha Mãe É Uma Peça", sob a direção de João Fonseca. No monólogo, com texto de sua autoria, Paulo Gustavo volta a interpretar a aclamada Dona Hermínia. Construída através de suas observações domésticas e vivenciais, ela reúne os aspectos mais cômicos da personalidade de uma típica dona de casa de meia idade, sempre à beira de um ataque de nervos. Claramente inspirada na mãe do ator, representa uma homenagem singela e divertidíssima a todas as mães. A brilhante atuação lhe rendeu uma indicação ao Prêmio Shell de melhor ator.

Depois de quatro anos de sucesso com "Minha Mãe É Uma Peça", Paulo Gustavo subiu ao palco novamente sozinho – dessa vez sem maquiagem, nem personagem – em 2010 para apresentar o espetáculo "Hiperativo", dirigido por Fernando Caruso. Nesse stand-up comedy, o ator satiriza o comportamento e as relações humanas, mostrando como nossas neuroses e paranoias podem ser engraçadas.

Fora dos palcos, participou de produções como "Minha Nada Mole Vida", "A Diarista", "Casos & Acasos" e "Sítio do Pica-Pau Amarelo". Mas ficou conhecido principalmente pela atuação no filme "Divã" e série homônima "Divã", onde interpretou o cabeleireiro Renée.

Apresenta desde 2011 o humorístico 220 Volts, um dos programas de maior audiência do Multishow. Na atração, Paulo Gustavo mostra sua extrema versatilidade ao dar vida aos mais variados personagens, além da consagrada Dona Hermínia. Atualmente, está em turnê com "Hiperativo" e "Minha Mãe É Uma Peça", espetáculo que rendeu uma adaptação para os cinemas, que estreou em 2013. Em junho de 2013 estreou na produção para TV, o sitcom "Vai que Cola", no Multishow e já confirmada a sua terceira temporada para 2015.

Em 2014, o ator esteve em um novo programa, o reality Paulo Gustavo na Estrada, do Multishow.[4]

Em 2015, além da terceira temporada do "Vai que Cola" para a TV, Paulo Gustavo estará na versão para o cinema do programa, Vai que Cola - O Filme, com estreia em outubro.

Para o início de 2016, Paulo Gustavo estará na continuação do filme Minha Mãe é uma Peça, encerra "220 Volts" nos teatros e estreará o 220 Volts - O Filme. Também estão previstas mais uma temporada das séries 220 Volts e Vai que Cola no Multishow.

Está confirmada também, para o próximo ano, a sua participação no filme "A História de São Francisco de Assis", no qual ele irá interpretar o personagem-título. Paulo estará na segunda versao do filme Minha Mãe é Uma Peça 2, que vai estrear em dezembro de 2016 ou 2017.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Desde 20 de dezembro de 2015, Paulo Gustavo é casado com o dermatologista Thales Bretas.[5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Programas, Séries & Sitcoms
Ano Título Papel Notas Emissora
2006
Minha Nada Mole Vida Participação Especial Rede Globo
Casos & Acasos Vitor/ John
2007
Sítio do Picapau Amarelo Delegado Lupicínio
Divã Renée Co-protagonista
2011
2011-2013/2016 220 Volts Ele mesmo e Vários personagens[6] Protagonista Multishow
2012 O Fantástico Mundo de Gregório Ele Mesmo Participação Especial[7]
2012-2015 Prêmio Multishow de Música Brasileira Ele Mesmo Apresentador
2013-atual Vai que Cola Valdomiro Lacerda[8][9] Protagonista
2014 Paulo Gustavo na Estrada Ele Mesmo[10]
2015 Ferdinando Show Bicha Bichérrima Participação especial

Cinema[editar | editar código-fonte]

Longas & Curta-Metragens
Ano Título Papel Notas
2009 Divã Renée[11]
Xuxa em O Mistério de Feiurinha Caio Lacaio[12]
2013 Minha Mãe É Uma Peça - O Filme Dona Hermínia[13] Protagonista / Roteirista
2014 Os Homens São de Marte... E É Pra Lá que Eu Vou Aníbal[14] Co-Protagonista
2015 Vai Que Cola - O Filme[15] Valdomiro Lacerda Protagonista
2016 220 Volts - O Filme Ele mesmo Protagonista / Roteirista
A História de São Francisco de Assis São Francisco de Assis Protagonista
Minha Mãe é Uma Peça 2[16] Dona Hermínia Protagonista/ Roteirista

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Paródia
Ano Título Nota
2015 Bitch I'm Madonna Paródia promocional para o espetáculo 220 Volts

Web[editar | editar código-fonte]

Web/ Internet
Ano Título Papel Notas
2015
Juninho Play e Família Dete (Voz) Desenho animado exibido na internet.[17]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Espetáculos
Ano Título Papel Notas
2004-2005 Surto ? Comédia De: Paulo Gustavo - Direção: Paulo Gustavo e Fernando Caruso
2005-2006 Infraturas ? Comédia De: Fábio Porchat
2006 João Ternura ? Comédia Direção: Marcus Alvisi
2006-2014 Minha Mãe é Uma Peça Dona Hermínia De: Paulo Gustavo - Direção: João Fonseca[18]
2010-atual Hiperativo Ele Mesmo Stand-up Comedy De: Paulo Gustavo - Direção: Paulo Gustavo e Fernando Caruso[19] (Lançado em DVD)
2013-atual Vai que Cola Valdomiro Lacerda[20] Comédia (HSBC Arena) Protagonista
2014-2016 220 Volts[21] Ele mesmo e vários personagens Comédia De: Paulo Gustavo

Livro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Editora Ref.
2015 Minha Mãe é Uma Peça (com histórias inéditas de Dona Hermínia) Objetiva [22]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Filme "Minha Mãe é uma Peça" foi o mais assistido no Brasil; veja o ranking!». Pure Break. 20/12/2013. Consultado em 02/01/2015. 
  2. «Comédia 'Minha Mãe é uma Peça' promete muito riso com o ator Paulo Gustavo». Consultado em 05/12/2011. }}
  3. UOL. «Paulos Gustavo lança livro homônimo dos dez anos de "Minha Mãe é Uma Peça"». Consultado em 9 de março de 2014. 
  4. Purepeople. «Paulo Gustavo ganha dois programas no Multishow». Consultado em 26 de junho de 2013. 
  5. Famosas mostram look para casamento de Paulo Gustavo
  6. «Multishow faz campanha para a estreia de "220 Volts"». 01 de novembro de 2011. Consultado em 05 de dezembro de 2011. 
  7. Multishow. «Paulo Gustavo participa da nova série 'O Fantástico Mundo de Gregório'». Consultado em 26 de junho de 2013. 
  8. Thais Britto. «Paulo Gustavo estreia Vai que Cola no Multishow, e Minha Mãe é Uma Peça no cinema». Consultado em 26 de junho de 2013. 
  9. REDAÇÃO. «Saiba tudo sobre "Vai Que Cola", novo humorístico do Multishow». Consultado em 26 de junho de 2013. 
  10. Purepeople. «Paulo Gustavo ganha dois programas no Multishow». Consultado em 26 de junho de 2013. 
  11. Thaís Britto. «Em '220 volts', no Multishow, Paulo Gustavo leva para a TV personagens de sucesso em suas peças». O Globo. Revista da TV. Consultado em 01 de novembro de 2011. 
  12. «Paulo Gustavo». Consultado em 05/12/2011. 
  13. «Paulo Gustavo». Consultado em 05/12/2011. 
  14. Revista Caras Online. «Paulo Gustavo e Monica Martelli começam a filmar 'Os Homens São de Marte'». Consultado em 06 de novembro de 2013. 
  15. «Revelada a Trama de Vai que Cola - O Filme». AdoroCinema.com. Consultado em 2 de março de 2015. 
  16. «Minha Mãe é uma Peça 2». http://www.imdb.com/. Consultado em 27 de julho de 2015.  Ligação externa em |publicado= (Ajuda)
  17. http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/samantha-schmutz-estreia-desenho-animado-de-juninho-play/2015/06/15-241347.html
  18. «Minha Mãe É Uma Peça». Guia da Semana. 26 de abril de 2009. Consultado em 05 de dezembro de 2011. 
  19. «Paulo Gustavo apresenta "Hiperativo"». Consultado em 06/09/2012. 
  20. REDAÇÃO. «Realizado em um Teatro, "Vai Que Cola", novo humorístico do Multishow no HSBC Arena». Consultado em 26 de junho de 2013. 
  21. «220 Volts encerra na TV, mas vai para o teatro e para o cinema». Consultado em 29/10/2013. }}
  22. O Globo. «Paulos Gustavo lança livro homônimo dos dez anos de "Minha Mãe é Uma Peça"». Consultado em 9 de março de 2014.