Pearl (2022)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pearl
 Estados Unidos Canadá
2022 •  cor •  102[1] min 
Direção Ti West
Produção
  • Jacob Jaffke
  • Ti West
  • Kevin Turen
  • Harrison Kreiss
Roteiro
Baseado em Personagens, de Ti West
Elenco
  • Mia Goth
  • David Corenswet
  • Tandi Wright
  • Matthew Sunderland
  • Emma Jenkins-Purro
  • Alistair Sewell
Gênero slasher
Música
  • Tyler Bates
  • Tim Williams
Cinematografia Eliot Rockett
Edição Ti West
Companhia(s) produtora(s)
  • Little Lamb
  • Mad Solar Productions
Distribuição
Lançamento
  • 3 de setembro de 2022 (2022-09-03) (Veneza)
  • 16 de setembro de 2022 (2022-09-16) (Estados Unidos)
Idioma inglês
Orçamento US$ 1 milhão[2]
Receita US$ 9,4 milhões[2]
Cronologia
X
MaXXXine

Pearl (com o subtítulo An X-traordinary Origin Story) é um filme de slasher americano dirigido e produzido por Ti West, co-escrito por West e Mia Goth, que reprisa seu papel como personagem-título, e apresentando David Corenswet, Tandi Wright, Matthew Sunderland e Emma Jenkins-Purro em papéis coadjuvantes. Servindo como prequel de X (2022) e a segunda parte da série de filmes X, serve como uma história de origem para a vilã do título, cujo fervoroso sonho de se tornar uma estrela de cinema a levou a cometer atos violentos na propriedade de sua família no Texas em 1918.

Pearl teve sua estreia mundial no 79º Festival Internacional de Cinema de Veneza em 3 de setembro de 2022, e foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 16 de setembro de 2022, pela A24. O filme recebeu avaliações positivas dos críticos que elogiaram a atuação de Goth e suas homenagens aos filmes da Era de Ouro de Hollywood, particularmente O Mágico de Oz[3] e Mary Poppins.[4] Outro filme da série, uma sequência de X intitulada MaXXXine, está em produção.[5]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1918, a jovem Pearl está obcecada em se tornar uma grande estrela do cinema. Presa na fazenda isolada de sua família no interior do Texas, ela se vê obrigada a cuidar de seu pai doente depois de uma pandemia de gripe local, e viver sob a vigilância constante de sua amarga e autoritária mãe devota. Desejando uma vida cheia de glamour que viu nos filmes, Pearl começa a enlouquecer e ter desejos assassinos quando seus sonhos são negados a ela.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Mia Goth como Pearl
  • David Corenswet como o projecionista
  • Tandi Wright como Ruth
  • Matthew Sunderland como pai da Pearl
  • Emma Jenkins-Purro como Mitsy
  • Alistair Sewell como Howard

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Ti West começou a escrever um roteiro para o filme prequel durante a produção de X. Ele afirmou que o projeto prequel se desenvolveu a partir de uma história em que ele colaborou com Mia Goth, e que ele o viu como um potencial filme ou simplesmente servindo como uma história de fundo para o papel de Goth como Pearl no primeiro filme.[6] Após o início da pandemia de COVID-19, vendo seu impacto na indústria do cinema, West afirmou que se inspirou para continuar trabalhando e decidiu iniciar a produção do prequel imediatamente após encerrar o filme anterior. West afirmou que apresentou sua ideia de uma nova franquia para a A24 e ficou surpreso quando eles deram sinal verde para seus projetos. O cineasta afirmou que pretende que cada filme tenha seu próprio estilo e gênero de terror distintos. Descrevendo sua abordagem para X, ele disse que foi fortemente influenciado pela franquia The Texas Chainsaw Massacre e pelas obras de Mario Bava, que exploram como a ascensão do cinema independente afetou a sociedade. Em relação a Pearl, ele o descreveu como um melodrama de Douglas Sirk encontrando o estilo Technicolor de Mary Poppins e O Mágico de Oz, feito como um "filme louco da Disney", e que explorará como o cinema de Hollywood influenciou as pessoas. West afirmou que pretende continuar essa tendência de explorar diversos estilos e gêneros em edições futuras. O filme é uma produção conjunta entre a A24 e a Little Lamb Productions.[7][8][9][10][11]

Com o lançamento do primeiro pôster publicitário, foi anunciado que West voltaria a atuar como editor do filme ao lado de seus outros papéis de produção. Eliot Rockett retornaria como diretor de fotografia, enquanto Tyler Bates e Tim Williams atuariam como co-compositores da trilha sonora do filme.[11]

Escalação[editar | editar código-fonte]

Mia Goth reprisa seu papel como uma versão mais jovem de Pearl, a idosa do primeiro filme.[7] Em julho de 2022, foi revelado que David Corenswet, Tandi Wright, Matthew Sunderland e Emma Jenkins-Purro fariam parte do elenco de apoio.[12]

Filmagem[editar | editar código-fonte]

Foi revelado que a fotografia principal começou em segredo imediatamente após X ser concluído. As filmagens começaram na Nova Zelândia, ocorreram consecutivamente com o primeiro filme e usaram os mesmos cenários que foram construídos para X. West trabalhou com a equipe de Avatar: The Way of Water, que estava fazendo uma pausa na produção do filme na época. West afirmou que, apesar da produção ocorrer durante a pandemia de COVID-19, a equipe de produção já havia concluído o período exigido de autoisolamento e, portanto, foi capaz de trabalhar juntos com segurança e eficiência durante a pandemia. Ele disse: "Saí da quarentena e pensei: 'Já estamos construindo todas essas coisas, é o COVID e estamos no único lugar na terra onde é seguro fazer um filme'."[8][13]

Pós-produção[editar | editar código-fonte]

Em março de 2022, tendo concluído as filmagens, West anunciou que estava trabalhando na edição do filme, que iria para Nashville, Tennessee, após o Festival de Cinema SXSW de março de 2022, para gravar a trilha sonora com Tyler Bates e Timothy Williams, e que o filme deveria ser finalizado em maio.[8]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Um teaser trailer foi exibido no Festival de Cinema SXSW, após a exibição do primeiro filme. O vídeo acompanhou as cópias de lançamento nos cinemas de X.[5] Em julho de 2022, o primeiro trailer foi lançado com o slogan de marketing "An X-traordinary Origin Story", referindo-se ao filme anterior.[10]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Pearl teve sua estreia mundial no 79º Festival Internacional de Cinema de Veneza em 3 de setembro de 2022,[14] e foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 16 de setembro de 2022.

O filme foi lançado em Vídeo sob demanda em 25 de outubro de 2022,[15] e em Blu-ray e DVD em 15 de novembro de 2022.[16]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos e no Canadá, Pearl foi lançado ao lado de The Woman King e See How They Run, e foi projetado para arrecadar cerca de 4 milhões de dólares em 2.900 cinemas em seu fim de semana de estreia.[17] O filme arrecadou US$1,3 milhão no primeiro dia e estreou com US$3,1 milhões, terminando em terceiro lugar nas bilheterias.[18] Ele arrecadou US$1,92 milhão em seu segundo fim de semana, terminando em quinto lugar nas bilheterias.[19]

Crítica[editar | editar código-fonte]

No Rotten Tomatoes, o filme detém uma taxa de aprovação de 90% com base em 145 críticas, com uma classificação média de 7,7/10. O consenso do site afirma: "Pearl encontra Ti West extraindo sangue fresco do mundo que ele criou com X e mais uma vez se beneficiando de uma performance brilhante de Mia Goth."[20] No Metacritic, o filme tem uma média aritmética ponderada de 73 de 100 baseado em avaliações de 30 críticos, indicando "revisões geralmente favoráveis".[21] O público consultado pelo CinemaScore deu ao filme uma nota média de "B–" em uma escala de A+ a F, enquanto os do PostTrak deram ao filme uma pontuação geral positiva de 75%, com 54% dizendo que definitivamente o recomendariam.[22]

Revendo o filme após sua estreia no Festival de Cinema de Veneza, Peter Bradshaw do The Guardian elogiou a direção de West e o "desempenho grandioso" de Goth, atribuindo-lhe uma classificação perfeita de cinco estrelas e comentando: "Talvez eu não devesse ter gostado de Pearl tanto quanto gostei, mas é inteligente, flexível, horrível e brutalmente bem atuado."[23] Em sua crítica para o The Hollywood Reporter, David Rooney o descreveu como uma "produção pandêmica habilmente embalada com ecos narrativos dessa ansiedade global", elogiando o roteiro, a cinematografia, a trilha sonora e a performance de Goth — que ele compara à da atriz americana Shelley Duvall.[24] Em uma crítica negativa, Ewan Gleadow, do Cult Following, escreveu que, embora West "duplique o que tornou X um recurso tão arrepiante e consolide aquilo em que ele é bom", o filme em última análise "parece uma paródia fraca dos dias de glória da MGM e de O Mágico de Oz.”[25]

O cineasta Martin Scorsese teria ficado muito impressionado com o filme, chamando-o de "hipnotizante" e afirmando que era "alimentado por um amor puro e não diluído pelo cinema".[26][27]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Nomeado(s) Resulto
2022 Toronto International Film Festival[28] Prêmio do Público para Loucura da Meia-Noite Pearl Runner-up
Sitges Film Festival[29][30] Melhor Filme Longo Indicado
Melhor Direção Ti West Venceu
Melhor Atriz Mia Goth Venceu
Sunset Circle Awards[31] Melhor Atriz Mia Goth (também indicado por X) Pendente
Cinco Diretores Que Arrasam Ti West (também indicado por X) Pendente
Independent Spirit Awards[32] Melhor Atuação Principal Mia Goth Pendente
Melhor Fotografia Eliot Rockett Pendente

Futuro[editar | editar código-fonte]

West anunciou em março de 2022 que estava trabalhando no roteiro de um terceiro filme da franquia, a ser ambientado cronologicamente após os eventos de X. Esse projeto explorará outro subgênero do terror e continuará retratando como o cinema em geral e o desenvolvimento de lançamentos de vídeos caseiros em particular, influenciaram a sociedade. West afirmou que, embora um espectador possa assistir a cada filme independentemente sem ter visto o filme anterior, eles são feitos para "complementarem um ao outro".[33][6] Ao descrever seus processos criativos durante o desenvolvimento desses filmes, West afirmou: "Estou tentando construir um mundo com tudo isso, como as pessoas fazem hoje em dia." O cineasta observou ainda: "Você não pode fazer um filme de terror sem um monte de sequências".

Em setembro de 2022, na primeira exibição de Pearl no Festival Internacional de Cinema de Toronto de 2022, um terceiro filme foi anunciado oficialmente com um pequeno teaser reproduzido após os créditos. O teaser foi posteriormente lançado online para quem não esteve presente no evento. West mais uma vez atua como roteirista/diretor e um dos produtores, enquanto Mia Goth irá reprisar seu papel do primeiro filme. Servindo como uma sequência de X, o filme se passa em 1985 e é intitulado MaXXXine. A trama foi confirmada centrada em Maxine, a única sobrevivente do "massacre de X", enquanto ela continua perseguindo seu futuro em Hollywood. Embora a fotografia principal ainda não tenha começado, o teaser trailer foi filmado rapidamente ao receber sinal verde pela A24 após o sucesso dos dois filmes anteriores. Jacob Jaffke, Kevin Turen e Harrison Kreiss serão os produtores, enquanto Goth também atuará como produtora executiva.[34][35][36]

Referências

  1. «Pearl (2022)». Rotten Tomatoes. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  2. a b «Box Office: 'The Woman King' Prevails with Projected $18 Million Opening Weekend». Variety. 17 de setembro de 2022. Consultado em 24 de agosto de 2022 
  3. Smith, Derek (14 de setembro de 2022). «'Pearl' Review: An Un-X-traordinary Origin Story». Slant Magazine (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  4. Thompson, Simon. «Ti West Talks 'Pearl' Being Influenced By Everything From 'Mary Poppins' To Norman Rockwell». Forbes (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  5. a b Navarro, Meagan (14 de março de 2022). «Ti West Unveils Teaser for Surprise 'X' Prequel 'Pearl' at SXSW!». Bloody Disgusting! (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  6. a b «Inside Ti West and Mia Goth's already filmed secret prequel to A24 slasher 'X'». Los Angeles Times (em inglês). 14 de março de 2022. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  7. a b Jr, Mike Fleming; Jr, Mike Fleming (14 de março de 2022). «A24's 'X' Has Shot A Prequel, Ti West Reveals At Pic's SXSW Premiere». Deadline (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  8. a b c Vlessing, Etan; Vlessing, Etan (14 de março de 2022). «SXSW: Ti West's 'X' Gets Secret Prequel Film». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  9. Kohn, Eric; Kohn, Eric (14 de março de 2022). «Ti West Shot a Secret Horror Prequel to A24 Slasher Movie 'X' with Mia Goth, Reveals Plans for a Trilogy». IndieWire (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  10. a b Curto, Justin (26 de julho de 2022). «The Pearl Trailer Is Little House on the Scary». Vulture (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  11. a b Squires, John (26 de julho de 2022). «'Pearl' Trailer – Mia Goth and Ti West Reunite for A24's Wild and Bloody 'X' Prequel Movie!». Bloody Disgusting! (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  12. Vlessing, Etan; Vlessing, Etan (26 de julho de 2022). «'Pearl' Trailer Reveals Origins of Ti West's 'X' Villain». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  13. Navarro, Meagan (20 de setembro de 2022). «'Pearl' Writer/Director Ti West Teases 'MaXXXine' and Explains How 'X' Became a Highly Unique Trilogy [Interview]». Bloody Disgusting! (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  14. «Biennale Cinema 2022 | Pearl». La Biennale di Venezia (em inglês). 20 de julho de 2022. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  15. «‎Pearl: An X-traordinary Origin Story». itunes.apple.com. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  16. Squires, John (4 de outubro de 2022). «Ti West's 'Pearl' Comes Home to Blu-ray and Digital in November». Bloody Disgusting! (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  17. D'Alessandro, Anthony; D'Alessandro, Anthony (14 de setembro de 2022). «'The Woman King' Eyes Long Haul At Fall Box Office After Hot TIFF Premiere With 100% Rotten Tomatoes – Weekend Preview». Deadline (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  18. D'Alessandro, Anthony; D'Alessandro, Anthony (19 de setembro de 2022). «How Sony Notched A No. 1 $19M+ Weekend Win With 'The Woman King' – Monday Box Office Update». Deadline (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  19. «'Don't Worry Darling' Scores Best Opening In Five Weekends With $19.2 Million, 'Avatar' Brings In Another $10 Million In Re-Release». Box Office Mojo. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  20. «Pearl» (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  21. «Pearl». Consultado em 24 de novembro de 2022 
  22. D'Alessandro, Anthony; D'Alessandro, Anthony (19 de setembro de 2022). «How Sony Notched A No. 1 $19M+ Weekend Win With 'The Woman King' – Monday Box Office Update». Deadline (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  23. «Pearl review – Mia Goth and Ti West scare up a storm in extraordinary pandemic horror». the Guardian (em inglês). 3 de setembro de 2022. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  24. Rooney, David; Rooney, David (3 de setembro de 2022). «'Pearl' Review: Ti West and Mia Goth's 'X' Prequel Delivers More Technicolor Camp Than Horror». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  25. Gleadow, Ewan (4 de setembro de 2022). «Venice 2022: Pearl». CULT FOLLOWING (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  26. Motamayor, Rafael (19 de setembro de 2022). «Legendary Filmmaker Martin Scorsese Is A Big Fan Of Ti West's Pearl [Exclusive]». /Film (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  27. Sharf, Zack; Sharf, Zack (19 de setembro de 2022). «Martin Scorsese: A24's 'Pearl' Is So 'Deeply Disturbing' That I Had Trouble Falling Asleep Afterward». Variety (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  28. Zilko, Christian; Zilko, Christian (18 de setembro de 2022). «'The Fabelmans' Wins TIFF 2022 People's Choice Award». IndieWire (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  29. Aiello, Julieta (16 de setembro de 2022). «El Festival de Sitges anuncia la programación de su edición 2022». Indie Hoy (em espanhol). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  30. «Palmarés del Festival de Sitges 2022: todos los premios, película ganadora y cineastas galardonados». ElNacional.cat (em espanhol). 15 de outubro de 2022. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  31. «Women Talking, Top Gun Maverick Lead Sunset Circle Awards». Awardsdaily (em inglês). 21 de novembro de 2022. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  32. Lattanzio, Ryan; Lattanzio, Ryan (22 de novembro de 2022). «'Everything Everywhere,' 'TÁR' Lead Independent Spirit Award Nominations: See the Full List». IndieWire (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  33. Curto, Justin (26 de julho de 2022). «The Pearl Trailer Is Little House on the Scary». Vulture (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  34. Jr, Mike Fleming; Jr, Mike Fleming (13 de setembro de 2022). «Ti West Reveals 'X' Trilogy Finale With 'MaXXXine' Teaser Following Tonight's 'Pearl' TIFF Midnight Madness Premiere: WATCH». Deadline (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  35. Navarro, Meagan (13 de setembro de 2022). «'MaXXXine' – Ti West Teases That Third 'X' Movie Is Inspired by the VHS Boom of the 1980s». Bloody Disgusting! (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  36. Squires, John (13 de setembro de 2022). «'MaXXXine' – A24 Announces Third Movie in Ti West's 'X' Franchise! [Teaser]». Bloody Disgusting! (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]