Pedra Branca (Ceará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Pedra Branca
PedraBranca.jpg

Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 9 de agosto de 1871 (144 anos)
Gentílico pedrabranquense
Lema Trabalhando o Presente construindo o futuro
Prefeito(a) Pedro Vieira Filho (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Pedra Branca
Localização de Pedra Branca no Ceará
Pedra Branca está localizado em: Brasil
Pedra Branca
Localização de Pedra Branca no Brasil
05° 27' 14" S 39° 43' 01" O05° 27' 14" S 39° 43' 01" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Sertões Cearenses IBGE/2008 [1]
Microrregião Sertão de Senador Pompeu IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Boa Viagem e Quixeramobim, Leste: Senador Pompeu, Sul: Mombaça, Oeste: Independência e Tauá.
Distância até a capital 261,6 km
Características geográficas
Área 1 303,273 km² [2]
População 41 942 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 32,18 hab./km²
Altitude 500 m
Clima tropical semiárido brando
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,605 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 134 843,241 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 206,35 IBGE/2008[5]
Página oficial

Pedra Branca é um município brasileiro do estado do Ceará. Situa-se na microrregião do Sertão de Senador Pompeu, mesorregião dos Sertões Cearenses. O município tem cerca de 40 mil habitantes [6] e 1290 km². Foi criado em {09 de agosto de 1871 - Lei nº 1409}.

Resumo da História Completa[editar | editar código-fonte]

Em 1871, o distrito de Pedra Branca, se emancipa do município de Maria Pereira (atual Mombaça). Em 1931, Pedra Branca foi rebaixada, de município a simples povoado, no município de Senador Pompeu. Em 1933, se torna distrito novamente. Em 1935, é novamente elevado à categoria de vila, com dois distritos (Pedra Branca e Tróia). Em 1951 o povoado de Mineirolândia também se torna distrito de Pedra Branca. Em 1953 o povoado Riachão se torna distrito sob o nome de Riachão do Banabuiú. Em 1963 Mineirolândia se torna município, mas em 1965 volta a ser distrito, pois o mesmo não pôde ser instalado. Em 1990, o distrito Riachão do Banabuiú muda seu nome para Santa Cruz do Banabuiú.

Atualmente Pedra Branca tem 5 distritos:

  1. Mineirolândia
  2. Pedra Branca (distrito-sede)
  3. Santa Cruz do Banabuiú (Cruzeta)
  4. Tróia
  5. Capitão Mor

História[editar | editar código-fonte]

Colonizada por Judeus por volta de 1805 oriundos da Síria, Alemanha, Polônia e Líbano, ali chegaram as famílias Pereira, Souza, Carvalho e Oliveira, dentre outras. Destes países vieram cerca de 45 famílias judaicas entre 1805 e 1807.

No local conhecido por Tabuleiro da Peruca - havia uma pedra de tonalidade clara, forma e dimensões peculiares. Na primeira metade do século XIX, vaqueiros e viajantes das redondezas passaram a tomá-la como ponto de referência para seus encontros. Estes encontros em época remota, reunindo grupos relativamente pequenos, explicam a origem do nome do município de Pedra Branca.

Na região situada em torno do marco representado pela pedra alva foi fundado um povoado que rapidamente evoluiu populacionalmente a partir da construção da capela de São Sebastião.

No dia 20 de outubro de 1854, o povoado foi elevado à condição de distrito do município de Mombaça. No dia 9 de agosto de 1871 a Lei de Nº 1.407, define a criação de novo município com sede no território onde estava situado o povoado de Pedra Branca que a partir daquela data passa a ser qualificado como vila. Em 1931, entretanto, o município de Pedra Branca é extinto e passa a se tornar distrito de Senador Pompeu.

A divergência envolvendo o território pedrabranquense é finalmente resolvida no dia 3 de maio de 1935 que restaura, em definitivo, a autonomia política-administrativa de Pedra Branca.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Relevo e solo[editar | editar código-fonte]

Possui um relevo bastante acidentado em praticamente todo o seu território.

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

Cachoeira do Inferno, a cerca de cinco quilômetros da sede do município.

O município está totalmente inserido na sub-bacia hidrográfica do Rio Banabuiú, que também nasce na divisa de Pedra Branca com Boa Viagem.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é tropical semi-árido[8] com chuvas concentradas de fevereiro a abril. A média pluviométrica histórica do município é de 853,4 mm/ano. [9]

Vegetação[editar | editar código-fonte]

Floresta caducifólia espinhosa (Caatinga arbórea) na maior parte do território e floresta subcaducifólia topical pluvial (mata seca) nas regiões mais elevadas do centro do território municipal.[10]

Educação[editar | editar código-fonte]

Em 2012, o município ganhou destaque ao apresentar excelentes médias nas notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em sua rede de ensino, alcançado o índice 8,1 nas escolas de Ensino Infantil e Fundamental Cícero Barbosa Maciel e Sebastião Francisco Duarte. Este índice fez das duas instituições as mais bem avaliadas do Ceará, e permitiu alcança-las 12ª colocação entre as instituições públicas de ensino do Brasil.[11]

Economia[editar | editar código-fonte]

O município de Pedra Branca tem a maior parte da sua economia centrada no setor de serviços. Embora a taxa de urbanização seja de apenas 42,58% (ano de 2000), o setor primário responde apenas por 15,84 % da economia local (2005). As constantes secas e a falta de infraestrutura massiva de irrigação são as causas dessa defasagem econômica. As indústrias respondem por 12,71% e serviços por 71,45% do pib municipal (2005)[12] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Hino do município de Pedra Branca (Ceará)

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/perfilwindowat.php?codmun=231050
  7. http://www.pedrabraca.ce.gov.br
  8. http://www2.ipece.ce.gov.br/atlas/capitulo1/12/126x.htm
  9. http://www.ceara.gov.br/index.php/municipios-cearenses/802-municipios-com-a-letra-p#munic-pio-pedra-branca
  10. http://www2.ipece.ce.gov.br/atlas/capitulo1/12/125x.htm
  11. Escolas campeãs do Ideb no Ceará ficam em zonas rurais e apostam na disciplina Portal iG - Educação.
  12. http://www.ceara.gov.br/index.php/municipios-cearenses/802-municipios-com-a-letra-p#munic-pio-pedra-branca

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.