Pedra Filosofal (poema)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Pedra Filosofal é um poema do poeta António Gedeão, publicado no livro Movimento Perpétuo, em 1956.[1] Aproveitando a musicalidade do poema, Manuel Freire apresenta em 1970 o poema musicado, que, pelas suas características rapidamente se tornou num hino e numa bandeira da resistência contra a ditadura.

Referências

  1. «António Gedeão: pedra filosofal». www.citi.pt. Consultado em 27 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 28 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.