Pedra Preta (Mato Grosso)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pedra Preta
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Pedra Preta
Bandeira
Brasão de armas de Pedra Preta
Brasão de armas
Hino
Lema Terra de todos nós
Gentílico pedrapretense [1]
Localização
Localização de Pedra Preta em Mato Grosso
Localização de Pedra Preta em Mato Grosso
Mapa de Pedra Preta
Coordenadas 16° 37' 22" S 54° 28' 26" O
País Brasil
Unidade federativa Mato Grosso
Municípios limítrofes Rondonópolis, São José do Povo, Itiquira, Guiratinga, Alto Garças
Distância até a capital 243 km
História
Fundação 20 de setembro de 1954 (67 anos)
Emancipação 13 de maio de 1976 (45 anos)
Aniversário 13 de maio
Administração
Prefeito(a) Nelson Antônio Orlato[2] (PSB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [3] 4 193,207 km²
População total ([4]) 17 446 hab.
Densidade 4,2 hab./km²
Clima O clima regional é tropical com duas estações bastante definidas: Chuvosa: (de outubro a abril);

Seca: (de maio a setembro).

Altitude 248 m
Fuso horário Hora do Amazonas (UTC−4)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [5]) 0,735 alto
PIB (IBGE/2018[6]) R$ Aumento 750 516,57 mil
PIB per capita (IBGE/2018[6]) R$ 42 994,76
Sítio pedrapreta.mt.gov.br (Prefeitura)

Pedra Preta é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 16º37'23" sul e a uma longitude 54º28'26" oeste, estando a uma altitude de 248 metros. Possui uma área de 4207,39 km² e sua população foi estimada em 17 446[4] habitantes, conforme dados do IBGE de 2020.

História[editar | editar código-fonte]

No início dos anos 1950, o japonês Noda Guenko, residente em Rondonópolis, adquiriu extensa área de terras na região onde seria futuramente a cidade de Pedra Preta, na época mata virgem e vislumbrava fundar uma cidade. Contratou o patrício Jinya Konno, que veio de Lins, no estado de São Paulo, para iniciar a execução do projeto.[1]

Em 20 de setembro de 1954, Jinya Konno chegou com a mulher três filhos pequenos, sendo os primeiros moradores da localidade, que recebeu o nome de Vale do Jurigue, por haver no local um rio chamado Jurigue. Gradativamente, o povoado foi se formando, com a chegada de mais moradores. Noda Guenko, mais tarde, mudou o nome da localidade para Alto Jurigue, nome que não foi bem aceito pelos moradores. Insistiam que o nome fosse alterado para Pedra Preta, por haverem pedras desta cor no fundo do córrego Águas Claras, que passava pelo povoado. O nome aos poucos foi se tornando habitual e acabou por ser oficializado.

A elevação de Pedra Preta à categoria de município ocorreu em 13 de maio de 1976, com a lei nº 3.688. Em 30 de julho de 1988, foi elevado à categoria de comarca, pela lei nº 4.004, sendo instalada no ano seguinte.[1]

Referências

  1. a b c «Histórico de Pedra Preta». IBGE 
  2. «Candidatos a vereador Pedra Preta-MT». Estadão. Consultado em 19 de junho de 2021 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. a b «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2020». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 01 de setembro de 2020. Consultado em 2 de novembro de 2020  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto de Pedra Preta». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 01 de Fevereiro de 2021  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.