Pedralva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pedralva (Minas Gerais))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a freguesia portuguesa, veja Pedralva (Braga).
Pedralva
  Município do Brasil  
Vista parcial de Pedralva
Vista parcial de Pedralva
Símbolos
Bandeira de Pedralva
Bandeira
Brasão de armas de Pedralva
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Cidade dos Gêmeos"
Gentílico pedralvense
Localização
Localização de Pedralva em Minas Gerais
Localização de Pedralva em Minas Gerais
Pedralva está localizado em: Brasil
Pedralva
Localização de Pedralva no Brasil
Mapa de Pedralva
Coordenadas 22° 14' 34" S 45° 27' 57" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Conceição das Pedras, Cristina, Maria da Fé, São José do Alegre, Santa Rita do Sapucaí, Natércia[1]
Distância até a capital 443 km
História
Fundação 7 de maio de 1882 (137 anos)
Aniversário 7 de maio
Administração
Prefeito(a) Josimar Silva de Freitas (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [3] 217,298 km²
População total (Est. IBGE/2014[4]) 11 652 hab.
Densidade 53,62 hab./km²
Clima tropical de altitude (Cwb)
Altitude 911 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 37520-000 a 37523-999[2]
Indicadores
IDH (PNUD/2010[5]) 0,675 médio
PIB (IBGE/2008[6]) R$ 81 778,197 mil
PIB per capita (IBGE/2008[6]) R$ 7 159,71
Outras informações
Padroeiro(a) São Sebastião[7]
www.pedralva.mg.gov.br (Prefeitura)
www.pedralva.cam.mg.gov.br (Câmara)

Pedralva é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Localiza-se a uma latitude 22º14'34" sul e a uma longitude 45º27'57" oeste, estando a uma altitude de 911 metros e distante 445 km da capital Belo Horizonte. Sua população era de 11 467 habitantes, segundo o Censo de 2010. Possui uma área de 217,834 km².

História[editar | editar código-fonte]

A origem de São Sebastião do Capituba, antigo nome de Pedralva, está ligada à descoberta das minas do rio Verde. Em 1737, o Ouvidor de São João del-Rei organizou uma expedição com o intuito de enquadrar as minas à organização fiscal da Coroa Portuguesa, o que resultou no povoamento da região. Já em 1763, o nome de São Sebastião do Capituba aparece no Livro de Batistério da Catedral de Campanha e, em 1769, foi construída a primeira capela. No ano de 1832, foi criada a freguesia, com o mesmo nome, que veio a ser modificado, em 1880, para São Sebastião da Pedra Branca, passando a fazer parte do município de Cristina. Em 1884, é criado o município de Pedra Branca, desmembrando-se de Cristina e, no ano de 1943, este recebe a denominação atual de Pedralva.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município está localizada no Sul de Minas,cortada pela MG-347, Rodovia Venceslau Brás, uma das principais rodovias de acesso a região do Circuito das Águas do Sul de Minas,e bem localizada entre os principais corredores viários do país,a Rodovia Fernão Dias, 52 km e Rodovia Presidente Dutra,105 km.

Economia[editar | editar código-fonte]

O território municipal está no Maciço da Serra da Mantiqueira. No setor econômico, a avicultura ocupa lugar de relevância nacional,também se destacam a produção de café e banana,além de um comércio bastante diversificado.

Turismo[editar | editar código-fonte]

A serra do Pedrão, grande maciço rochoso, onde se pratica voo livre, trekking e alpinismo e a serra da Pedra Branca, um dos pontos culminantes da região com 1.848 metros de altitude, a Gruta do Badulaque, um sítio arqueológico, cachoeiras, rios e lagos constituem locais de atração para os visitantes.

Serra do Pedrão

Festividades[editar | editar código-fonte]

Entre suas principais festividades estão a festa do padroeiro São Sebastião (janeiro), Carnaval (destaque para o Bloco do Pink Floyd e a Bateria Independente Tigres de Ouro, que auxilia a maioria dos blocos de rua), aniversário do município (7 de maio), Pedrock (mostra de bandas, em julho) e na última semana de novembro em que acontece o Festival Afro-brasileiro (Festa Afrocultural).

Produtos artesanais[editar | editar código-fonte]

Algumas pessoas defendem que a cidade tem a melhor cachaça do Brasil. Além disso a cidade conta com a produção artesanal de doces, o tradicional queijo mineiro e artesanatos em geral.

Cidade dos gêmeos[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de setembro de 2007, foi exibida uma matéria no programa Globo Repórter, da Rede Globo, na qual Pedralva foi alvo de uma pesquisa que reuniu 40 pares de gêmeos na praça principal da cidade. Desde então, Pedralva ficou conhecida como Cidade dos Gêmeos e reapareceu em outros programas televisivos.

Referências

  1. IBGE (2009). «Mapa Político do Estado de Minas Gerais» (PDF). Consultado em 7 de dezembro de 2009 
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data de referência em 1 de julho de 2014» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de agosto de 2014. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  5. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 15 de junho de 2015 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 2. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Pedralva e Pedra do Pedrão
Fim de tarde em Pedralva
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.