Pedro Antônio Marchetti Fedalto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pedro Antônio Marchetti Fedalto
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo-emérito de Curitiba
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Curitiba
Nomeação 28 de dezembro de 1970
Entrada solene 28 de fevereiro de 1971
Predecessor Dom Manuel da Silveira D’Elboux
Sucessor Dom Moacyr José Vitti, CSS.
Mandato 1970 - 2004
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 5 de dezembro de 1953
por Dom Manuel da Silveira D’Elboux
Nomeação episcopal 30 de maio de 1966
Ordenação episcopal 28 de agosto de 1966
por Dom Sebastiano Baggio
Lema episcopal VERITATEM IN CARITATE
A verdade na Caridade
Nomeado arcebispo 28 de dezembro de 1970
Brasão arquiepiscopal
Bras DPedro(1).jpg
Dados pessoais
Nascimento Campo Largo
11 de agosto de 1926 (92 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas - Bispo-auxiliar de Curitiba (1966-1970)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Pedro Antônio Marchetti Fedalto (Colônia Antônio Rebouças, Campo Largo, 11 de agosto de 1926) é um arcebispo brasileiro.

Vida sacerdotal[editar | editar código-fonte]

Foi ordenado sacerdote em 6 de dezembro de 1953 pelas mãos de Dom Manuel da Silveira D’Elboux, Arcebispo Metropolitano, juntamente com Dom Albano Bortoletto Cavallin, Arcebispo Emérito de Londrina, Dom Antônio Agostinho Marochi, Bispo Emérito de Presidente Prudente, São Paulo, Monsenhor Francisco Gorski, ex-pároco de Água Verde e Monsenhor João Augusto Sobrinho, ex-pároco da Igreja dos Passarinhos, Bigorrilho, ambos de saudosa memória.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Aos 28 de agosto de 1966 foi ordenado bispo auxiliar de Curitiba com 44 anos e escolhe o lema "Veritatem in caritate" (A verdade na caridade). Foi bispo auxiliar de Curitiba de 1966 a 1970, e Administrador Apostólico Diocesano, durante o ano de 1970 (após a morte de Dom Manuel), sendo empossado como 4º arcebispo de Curitiba, dia 28 de fevereiro de 1971.

Tem sido a sua marca, durante estes 30 anos à frente da Arquidiocese de Curitiba e como presidente do Regional Sul II, num período de 28 anos, Para melhor evangelizar, descentralizou a Arquidiocese em quatro grandes áreas pastorais, divididas em 18 setores, contando três áreas aos três bispos auxiliares, reservando para si, o Centro.

Planos de Pastoral: deu continuidade aos planos de pastoral iniciados em 1968, publicando em 1972 o Diretório Pastoral, em 1975, o Manual do Agente de Pastoral e em 1980 publicou a Carta Pastoral sobre a Evangelização dos Fiéis, na fé e no compromisso. Em 1975 toda a Arquidiocese viveu as Santas Missões Populares com os missionários Redentoristas, Grande marco na Arquidiocese, foi a realização do 1º Sínodo de (1987 a 1994), resultando daí um revigoramento evangelizador com a mística, que perpassa a todos até hoje: ¨ Ser Igreja, Caminhar juntos, Participar ¨.

Dom Pedro criou 74 novas paróquias, ordenou 74 padres diocesanos, acolheu congregações femininas e masculinas. Merece destaque no seu episcopado: a realização das Santas Missões Populares em 1975 e 2000, a Vinda do Papa João Paulo II, a Curitiba, nos dias 5 e 6 de junho de 1980. No ano de 1998, quando toda a igreja se preparava para a celebração da chegada do Novo Milênio, foram crismados 12.352 jovens, reunindo 75.000 pessoas no estádio do Pinheirão. No ano de 2000 a realização das Santas Missões Populares. Realizou o Congresso Eucarístico Arquidiocesano pelos 50 anos de Igreja da Ordem como Templo de Adoração Perpétua e em preparação do 14º Congresso Eucarístico Nacional. Após Completar 75 anos, escreve a carta à Santa Sé solicitando afastamento do cargo de Arcebispo Metropolitano de Curitiba. Esse pedido só foi aceito aos 15 de maio de 2004 quando foi nomeado Dom Moacyr José Vitti.

Aos 19 de maio de 2004, após seu pedido ao Papa João Paulo II deixa a arquidiocese de Curitiba para Dom Moacyr José Vitti, CSS.

Estudos realizados[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Sucessão[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Dom Manuel da Silveira d'Elboux
4.º Arcebispo de Curitiba
1970 - 2004
Sucedido por
Dom Moacyr José Vitti, CSS
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.