Pedro Brito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pedro Brito
Ministro da Integração Nacional do  Brasil
Período 3 de abril de 2006
até 16 de março de 2007
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Antecessor(a) Ciro Gomes
Sucessor(a) Geddel Vieira Lima
Ministro-chefe da Secretaria Nacional dos Portos do  Brasil
Período 15 de maio de 2007
até 1 de janeiro de 2011
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Antecessor(a)
Sucessor(a) José Leônidas Menezes Cristino
Dados pessoais
Nascimento 5 de abril de 1950 (72 anos)
Fortaleza (CE)
Nacionalidade brasileiro
Partido PSB
Profissão Economista

Pedro Brito do Nascimento (Fortaleza, 5 de abril de 1950[1]) é um economista brasileiro. Foi ministro-chefe da Secretaria Nacional dos Portos da Presidência da República (SEP/PR) desde a sua criação em maio de 2007 até o final do Governo Lula.[1]

Antes de assumir a Secretaria Nacional dos Portos foi ministro da Integração Nacional entre 2006 e 2007. Brito foi sub de Ciro Gomes na Integração Nacional e, por causa de sua atuação no período, o Ministério Público de Contas pediu a punição do ex-dirigente por omissão.[2]

Referências

  1. a b Sítio da Presidência da República. «28º Período de Governo Republicano». Consultado em 23 de abril de 2010. Arquivado do original em 29 de julho de 2008 
  2. «TCU vê omissão de apadrinhados de Sarney, Ciro e Valdemar em 'taxa extra' dos portos». O Antagonista. 18 de julho de 2018. Consultado em 5 de janeiro de 2022 

Precedido por
Ciro Gomes
Ministro da Integração Nacional do Brasil
2006 – 2007
Sucedido por
Geddel Vieira Lima
Precedido por
Ministro-chefe da Secretaria Nacional dos Portos do Brasil
2007 – 2011
Sucedido por
José Leônidas Menezes Cristino


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.