Pedro Grané

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pedro Grané
Equipe Corinthians Campeonato Paulista de 1930. Da esquerda para a direita (Em pé): Tuffy, Nerino Gallanti, Grané, Guimarães, Del Debbio e Munhoz. (Agachados): Filó, Neco, Peres, Rato e De Maria
.
Informações pessoais
Nome completo Pedro Grané
Data de nasc. 10 de novembro de 1897
Local de nasc. São Paulo, Brasil
Local da morte São Paulo, Brasil
Apelido Canhão 420
Informações profissionais
Posição Zagueiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1917-1923
1924-1934
Brasil Ypiranga
Brasil Corinthians
000??? 000 (??)
000182 000 (51)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 12 de junho de 2012.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 12 de junho de 2012 [1].

Pedro Grané (São Paulo, 10 de novembro de 1897 — São Paulo, 1985), conhecido como Grané, foi um futebolista brasileiro que se destacou jogando pelo Corinthians. É considerado um dos melhores laterais-direitos que já passaram pelo clube, e formou um trio famoso com o goleiro Tuffy e o zagueiro Del Debbio nos anos 20 e 30. Grané se destacou pelos chutes fortes, que lhe valeram o apelido de 420 (nome do canhão de maior calibre da época).

Com a camisa do alvinegro do Parque São Jorge, Grané fez 51 gols em 189 partidas. Os principais títulos conquistados pelo Corinthians foram os Campeonatos Paulistas de 1924,1928,1929 e 1930.

Grané defendeu também o tradicional Clube Atlético Ypiranga, que naquela época tinha um dos times de futebol mais fortes do cenário nacional, até se transferir para o Corinthians em 1924.

  1. [1]