Pedro Piquet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pedro Piquet
Período em atividade 2006-presente
Nacionalidade brasileiro
Data de Nascimento 3 de julho de 1998 (21 anos)
Local de Nascimento Brasília, DF
GP3 Series de
Ano de estreia 2018
Equipe atual Trident
Número do carro 5
Corridas 3 (4 largadas)
Pódios 1
Outras competições
2013 Toyota Racing Series
Fórmula 3 Brasil

Pedro Estácio Leão Piquet Souto Maior (Brasília, 3 de julho de 1998) é um piloto de automóveis brasileiro que disputa atualmente o Campeonato de Fórmula 3 da FIA pela equipe Trident.[1] É filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet, irmão dos também pilotos Nelson Piquet Jr. e Geraldo Piquet e neto do médico Estácio Gonçalves Souto Maior.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Inicio[editar | editar código-fonte]

Pedro iniciou sua carreira no kart aos 8 anos em 2006.[2] Em 2013, correu seis provas da Toyota Racing Series, na Nova Zelândia. Porém, teve de abandonar a competição por problemas com sua licença que foi caçada pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). Posteriormente, a CBA desculpou-se pelo ocorrido que classificou como um “ato equivocado”.[2][3][4]

2014-2015: Fórmula 3 Brasil[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Pedro corre na recém criada Fórmula 3 Brasil pela equipe Cesário Fórmula.[2] Já na estreia Piquet venceu três corridas consecutivas: as duas rodadas de Tarumã e a primeira de Santa Cruz do Sul.[5] Na segunda rodada ficou em segundo. Na etapa seguinte, em Brasília, venceu novamente as duas provas.[6] Ao fim da temporada foram onze vitórias em 18 corridas, além de seis pole positions.[7][8][9] O piloto conquistou o título com duas etapas de antecedência.[9][10]

Acidente na GT3 Brasil

Em 20 de setembro de 2015, Piquet fazia uma participação em uma prova da Porsche GT3 Brasil quando, ainda na primeira volta, sofreu um toque por outro carro que havia furado o pneu. Ao passar com as rodas na terra, seu carro capotou por, pelo menos, nove vezes até parar virado para cima. O piloto foi socorrido consciente e encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO). Pedro foi submetido a exames neurológicos e radiológicos que não acusaram lesões graves. Ele foi liberado na manhã seguinte.[11][12][13]

2016—2017: Toyota Racing Series e Fórmula 3 Europeia[editar | editar código-fonte]

Disputou a temporada de 2016 da Toyota Racing Series obtendo duas vitórias, três segundos lugares, e dois terceiros lugares. Terminou a temporada na quinta colocação.[14][15][16] No mesmo ano disputou sua primeira temporada no Campeonato Europeu de Fórmula 3 terminando a temporada em 19º lugar.[17]

Em 2017 disputou novamente a Toyota Racing Series ficando na 2ª colocação. Também disputou novamente a temporada de Campeonato Europeu de Fórmula 3.[17]

2018: GP3 Series[editar | editar código-fonte]

Em 2018, Piquet foi contratado pela equipe Trident Racing para disputar a GP3 Series.[18] Ele venceu em Silverstone e Monza.

2019: Campeonato de Fórmula 3 da FIA[editar | editar código-fonte]

Em 2019, Piquet continuou com a Trident para a disputa da temporada inaugural do Campeonato de Fórmula 3 da FIA.[1]

Resultados na carreira[editar | editar código-fonte]

Sumário[editar | editar código-fonte]

Temporada Categoria Equipe Corridas Vitórias Poles V/Rápidas Pódios Pontos Clas.
2014 Toyota Racing Series M2 Competition 6 0 0 0 0 140 23º
Fórmula 3 Brasil Cesário F3 16 11 6 8 14 211
Porsche GT3 Cup Brasil 1 1 1 1 1 0 NC
Global Rallycross Championship Piquet Sports 1 0 0 0 1 43 12º
Mercedes-Benz Challenge Brasil Linardi Sports 1 0 0 0 0 7 24º
2015 Fórmula 3 Brasil Cesário F3 10 8 5 8 8 123
Porsche Mobil 1 Supercup Lechner Racing Middle East 2 0 0 0 0 0 23º
Porsche GT3 Cup Brasil 6 0 0 4 2 49 13º
2016 Toyota Racing Series M2 Competition 15 2 1 3 7 710
Fórmula 3 Europeia Van Amersfoort Racing 30 0 0 0 0 19 19º

Fórmula 3 Brasil[editar | editar código-fonte]

(legenda) (Negrito indica pole position) (Itálico indica volta mais rápida)

Temporada Equipe Etapa Classificação Pontos
2014 Cesário Fórmula TAR SCS BRA SÃO CUR VEL CUR GOI 211
1 1 1 2 1 1 5 3 1 1 1 4 1 Ret 1 1
2015 Cesário Fórmula CUR VEL SCS CUR CAS BRA CUR SÃO 183
1 6 Ret 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Toyota Racing Series[editar | editar código-fonte]

(legenda) (Negrito indica pole position) (Itálico indica volta mais rápida)

Temporada Equipe Etapa Classificação Pontos
2016 M2 Competition RUA TER HMP TAU MAN 710
7 2 Ret 4 1 10 3 3 1 2 5 2 Ret 8 15

Fórmula 3 Europeia[editar | editar código-fonte]

(legenda) (Negrito indica pole position) (Itálico indica volta mais rápida)

Ano Equipe Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Classificação Pontos
2016 Van Amersfoort Racing Mercedes LEC
1

11
LEC
2

14
LEC
3

Ret
HUN
1

13
HUN
2

14
HUN
3

7
PAU
1

20
PAU
2

Ret
PAU
3

10
RBR
1

19
RBR
2

Ret
RBR
3

13
NOR
1

9
NOR
2

Ret
NOR
3

Ret
ZAN
1

13
ZAN
2

16
ZAN
3

13
SPA
1

18
SPA
2

6
SPA
3

14
NÜR
1

17
NÜR
2

9
NÜR
3

15
IMO
1

Ret
IMO
2

12
IMO
3

14
HOC
1

16
HOC
2

17
HOC
3

15
19º 19

Referências

  1. a b «Pedro Piquet renova com a Trident e vai correr na FIA Fórmula 3». globoesporte.com. terra.com.br. 27 de fevereiro de 2019. Consultado em 27 de fevereiro de 2019 
  2. a b c «Na F-3, Pedro Piquet diz que rivais "não dão a mínima" para sobrenome» (html). globo.com. 16 de março de 2014. Consultado em 20 de março de 2014 
  3. «CBA pede desculpas a Pedro Piquet por carteira cassada às vésperas de corrida na Nova Zelândia». grandepremio.com. 5 de fevereiro de 2014. Consultado em 20 de março de 2014 
  4. «Pedro Piquet volta à pista pela Toyota Racing Series». UOL. 18 de janeiro de 2014. Consultado em 20 de março de 2014. Arquivado do original em 20 de março de 2014 
  5. «De ponta a ponta, Pedro Piquet volta a brilhar e vence 3ª seguida na F-3 Brasil» (html). globoesporte.com. 12 de abril de 2014. Consultado em 1 de julho de 2015 
  6. «Pedro Piquet mantém invencibilidade e vence pela sexta vez na F-3 Brasil» (html). globoesporte.com. 4 de maio de 2014. Consultado em 1 de julho de 2015 
  7. «Pedro e Nelsinho Piquet têm finais de semanas distintos em Goiânia e na Malásia». autoracing.com. 23 de novembro de 2014. Consultado em 1 de julho de 2015 
  8. Anderson Regio (7 de novembro de 2014). «Novo pupilo de Piquet domina F3 e vira atração em Interlagos» (html). Terra. Consultado em 1 de julho de 2015 
  9. a b «Piquet mantém domínio na F3 Brasil e conquista vitória fácil na primeira corrida em Goiânia». UOL. 22 de novembro de 2014. Consultado em 1 de julho de 2015 
  10. Rogerio Elias (24 de novembro de 2014). «F3: Pedro Piquet finaliza a temporada com mais duas vitórias». UOL. Consultado em 1 de julho de 2015. Arquivado do original em 2 de julho de 2015 
  11. «Pedro Piquet agradece apoio em rede social após acidente: 'Pequeno susto'» (html). G1. 20 de setembro de 2015. Consultado em 18 de novembro de 2015 
  12. «Pedro Piquet sofre acidente violento, vai para hospital e passa bem: "Susto"» (html). globo.com. 20 de setembro de 2015. Consultado em 18 de novembro de 2015 
  13. «Pedro Piquet recebe alta após acidente impressionante» (html). Jornal Nacional. 21 de setembro de 2015. Consultado em 18 de novembro de 2015 
  14. Carlos Pereira (16 de janeiro de 2016). «Pedro Piquet estreia-se com 7º lugar no Toyota Racing Series». Multi Desportos. Consultado em 28 de março de 2016 
  15. «Pedro Piquet sofre punição e perde pódio na corrida final da Toyota Racing Series». motorsport.com. 14 de fevereiro de 2016. Consultado em 28 de março de 2016 
  16. Gabriel Gavinelli (13 de fevereiro de 2016). «Com batida e abandono, situação de Piquet se complica na Toyota Racing Series». F1Mania. Consultado em 28 de março de 2016 
  17. a b Valentin Khorounzhiy (14 de fevereiro de 2017). «Pedro Piquet sticks with Van Amersfoort Racing for 2017 Euro F3» (em inglês). Autosport. Consultado em 9 de junho de 2017 
  18. «Pedro Piquet assina contrato com a Trident e disputa temporada 2018 da GP3». globoesporte.com. GloboEsporte.com. 7 de maio de 2018. Consultado em 24 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Ricardo Zonta
Campeão da Fórmula 3 Brasil
201415
Sucedido por
Matheus Iorio