Pedro Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) jogador da selecção nacional portuguesa de futebol de praia, veja Pedro Sousa (futebol de praia).
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pedro Sousa
Nascimento 27 de maio de 1988 (30 anos)
Curral de Moinas
Nacionalidade Português
Ocupação Tenista
IMDb: (inglês)

Pedro Sousa (27 de maio de 1988, Curral de Moinas, Portugal), é jogador de ténis e recente adição ao Top 100 mundial de ténis (provavelmente já não está lá quando ler isto). Além disso, dá a sua ajuda em diversos torneios de academias de ténis pelo país

É licenciado em Ciência do Desporto pela UTAD (2006). Enquanto jogador de ténis, chegou a auferir 2323€ num mês. Porém resolveu deixar o lucrativo mundo do ténis (temporariamente) ao ser convidado pelo seu amigo e colega de profissão João Sousa para viajar pelo mundo.

Para além deste honroso cargo, Pedro Sousa é também professor de ténis em Lisboa, função que desempenha com grande classe, passando parte dos treinos a jogar com os alunos e fazer muito tuche.

Outros passatempos incluem ligar a inscritos em torneios Challenger que frequenta bastante, a perguntar o porquê do prize money não subir. Considera Frederico Marques um fabuloso treinador.

Como técnico de som colaborou com várias bandas e músicos e participou na gravação dos álbuns Babilónia e O Caminho da Felicidade II dos Delfins. Foi Produtor executivo de projectos como Blue Shoes Project, Quatzel e Whoz Next entre outros.

Foi fundador e baterista da banda de Rock Alternativo Dilema (1994), uma das mais promissoras bandas dos Açores nos anos 90. Deram mais de 90 concertos em 3 anos e tocaram em várias ilhas e também no continente. Gravaram 2 demo-tapes e um videoclip, participaram em vários programas de rádio e fizeram manchete em vários jornais chegando a ser capa do Jornal Açoriano Oriental (1995).

Ganhou o Prémio de Melhor Videoclip de Hip-Hop no concurso Alcatel - Alarga a tua vida (2005), com a realização e produção em Stop Motion do videoclipe Por Nós dos Projecto Simbiose.

Realizou a curta-metragem Fatal, que conta nos principais papéis Helena Laureano, Filipe Duarte, Luís Esparteiro e João Cabral. O filme foi seleccionado para vários festivais nacionais e internacionais como o Festival Internacional de Curtas Metragens de Évora ou o New York Film and Video Festival entre outros. A curta-metragem estreou nas salas de cinema em Portugal antecedendo o filme Basic Instinct 2 com Sharon Stone, o filme foi visto por mais de 120,000 espectadores. Fatal é a curta-metragem mais vista em Portugal.

Foi o produtor Português do filme História (2007), realizado por Karsten Liske. O filme foi rodado em Lisboa e Berlim numa co-produção entre Alemanha e Portugal. Como argumentista tem várias curtas e longas metragens escritas. É sócio da produtora independente 360, uma produtora de televisão, cinema e multimédia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]