Pedro de Albuquerque Maranhão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pedro Velho.
Constituição brasileira de 1891, página da assinatura de Pedro de Albuquerque Maranhão (vigésima primeira assinatura). Acervo Arquivo Nacional

Pedro Velho de Albuquerque Maranhão, mais conhecido simplesmente como Pedro Velho (Natal, 27 de novembro de 1856Recife, 9 de dezembro de 1907) proclamou a república no Rio Grande do Norte, sendo o seu primeiro governador.[carece de fontes?]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Pedro Velho foi médico e boticário, antes de ingressar na política, ao fim da monarquia.[1]

Foi o fundador do jornal "A República", em 1 de julho de 1889, e da sua redação saíram vários governadores norte-rio-grandenses, dominando a política no estado até sua morte.[1]

Referências

  1. a b Carlos Morais (outubro de 2004). «Uma máquina de imprimir governadores» (PDF). Suplemento "Nós do RN" do Diário Oficial do RN, ano I, nº zero. Consultado em 1 de março de 2012. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Cargo Inexistente
Governador do Rio Grande do Norte
1889
Sucedido por
Adolfo Afonso da Silva Gordo
Precedido por
Joaquim Xavier da Silveira Júnior
Governador do Rio Grande do Norte
1890
Sucedido por
João Gomes Ribeiro
Precedido por
Jerônimo Américo Raposo da Câmara
Governador do Rio Grande do Norte
1892 — 1896
Sucedido por
Joaquim Ferreira Chaves


Ícone de esboço Este artigo sobre Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.