Pelágia, a Penitente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Pelágia de Tarso.
Santa Pelágia, a Penitente
Ícone de Santa Pelágia.
Nascimento  em Antioquia
Morte  em proximidades do Monte das Oliveiras
Veneração por Igreja Católica
Festa litúrgica 8 de outubro
Gloriole.svg Portal dos Santos

Pelágia, a Penitente (artisticamente conhecida como Margarida de Antioquia) foi uma cortesã e dançarina célebre que, no auge de sua beleza e soberania foi subitamente convertida por influência do bispo e santo Nono.[1]

Um dia quando passava em frente a basílica de São Juliano onde o bispo Nano estava pregando, Pelágia encantou-se com as palavras dele. No dia seguinte quando Nono pregava na basílica sobre o Juízo Final, Pelágia apareceu pedindo para ele o batismo. À noite, segundo a tradição, o diabo apareceu para ela exortando que voltasse a sua vida mundana, no entanto, Pelágia manteve-se firme e com o sinal da cruz e orações fez o diabo desaparecer. Dias depois Pelágia deu a Nono toda sua fortuna e bens que entregou ao tesoureiro da igreja para ele usar com viúvas e órfãos.[2]

Pelágia partiu de Antioquia rumo a Jerusalém, onde habitava em uma caverna perto do Monte das Oliveiras em penitência rigorosa. Trajando roupas masculinas ela era conhecida como "Pelágio, o monge sem barba". Morreu cerca de três anos depois.[1][2]

Referências

  1. a b «So who was St. Pelagia the Penitent?» (em inglês). Consultado em 30 de setembro de 2012 
  2. a b «Venerable Pelagia the Penitent» (em inglês). Consultado em 12 de outubro de 2012 
Santa Pelágia sendo cortejada enquanto Santo Nono ora por ela.