Peligro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Peligro
Álbum de estúdio de Shakira
Lançamento 25 de março de 1993 (1993-03-25)
Gravação 1993
Gênero(s)
Duração 41:00
Idioma(s) (em espanhol)
Formato(s)
Gravadora(s) Sony
Produção Eduardo Paz
Cronologia de Shakira
Magia
(1991)
Pies descalzos
(1996)
Singles de Peligro
  1. "Peligro"
    Lançamento: 29 de janeiro de 1993 (1993-01-29)
  2. "Brujería"
    Lançamento: 17 de abril de 1993 (1993-04-17)
  3. "Eres"
    Lançamento: 11 de maio de 1993 (1993-05-11)
  4. "Tú serás la historia de mi vida"
    Lançamento: 5 de julho de 1993 (1993-07-05)

Peligro (Perigo em português) é o segundo álbum de estúdio da cantora colombiana Shakira, lançado em 25 de março de 1993, apenas em seu país natal, pela Sony quando a cantora tinha apenas 16 anos. O álbum vendeu mil cópias.

Esse álbum fez um pouco mais de sucesso do que a sua fracassada estréia em 1991, e apesar da Sony ter visto o potencial artístico da cantora, esta decidiu terminar o colegial antes de lançar um novo álbum. O álbum resulta de um bom material escrito pela cantora. O título originou-se de um evento no qual a cantora foi expulsa do concurso de música OTI da Espanha, por ter fingido ser maior de idade.[carece de fontes?]

Antecedentes e composição[editar | editar código-fonte]

O autor Ximena Diego escreveu que "os primeiros quinze anos da vida de Shakira, lhe deram uma amostra do quão doce o estrelato poderia ser";[1] Ela foi assinou com a Sony Music Columbia, aos 13 anos, com o acordo de gravar três álbuns, que eram Magia, Peligro e Pies descalzos.[2] Enquanto Magia, seu álbum de estréia, não teve muito sucesso comercialmente, com apenas 1.200 cópias vendidas,[3][4] as músicas desse disco ganharam freqüentes rotações no rádio, nas estações de rádio colombianas e de acordo com Diego, mostraram a ela potencial.[1]

Apesar da falta de vendas de Magia, a Sony Colômbia teve maiores expectativas para o segundo álbum de Shakira, na esperança de aumentar a popularidade que já estava tendo. Diego escreveu, no entanto, que o tempo durante a produção e lançamento de Peligro, provaria que "a estrada de um artista não é fácil".[1] Os vários meses de produção de Peligro, foi um dos períodos mais frustrantes de Shakira, em sua carreira, resultando de um "álbum estranho", que não foi bem coa a cantora. O álbum apresenta músicas escritas por Shakira e outros compositores, incluindo Eddie Sierra, que escreveu "El Amor de Mi Vida" do álbum de estréia auto-intitulado de Ricky Martin. O comunicado de imprensa da Sony Colombia, que parece satisfeito com o resultado final, descreveu o conteúdo lírico do álbum, como "profundo", "direto" e "cheio de magia e poesia". Musicalmente, o disco tem um "tratamento de balada norte-americana", com instrumentação de guitarras de rock, pianos acústicos e saxofones estilo Kenny G.[5]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

"Peligro" foi lançado como single dos álbuns em 29 de janeiro de 1993. Shakira então lançou o segundo single "Brujeria", em 17 de abril de 1993. O 3º single "Eres", foi lançado em vinil, mas essa é a única promoção que o single recebeu.[6] O quarto e último single do álbum foi "Tú Serás La Historia De Mi Vida". Foi o único single do disco que teve um videoclipe. Também foi incluído na sua primeira digressão "Tour Pies Descalzos" de Shakira, bem como na faixa "Magia", de seu disco de estréia Magia. Shakira não ficou satisfeita com o resultado final de Peligro, de modo que decidiu não promover o disco. A revista TVyNovelas, premiou a canção, A gravadora enviou o álbum para algumas estações de rádio e a música "Tú Serás La Historia De Mi Vida", foi tocada em algumas estações locais em alguns meses. Mas a falta de apoio de Shakira resultou no cancelamento de ensaios e performances ao vivo, bem como sem músicas de grande conhecimento do grande público.[5] Embora o disco tenha sido um pouco mais bem recebido do público do que o Magia,[7] ele não conseguiu atender às expectativas da Sony Colômbia, com menos de 1.000 cópias vendidas.[5] Shakira se recusou a permitir o re-lançamento de Magia e de seu próximo álbum Peligro, por causa de sua "imaturidade" e ambos os LPs, nunca obtiveram qualquer tipo de lançamento internacional.[8]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas por Shakira, exceto onde anotado.

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Eres" (You're) Shakira 5:02
2. "Último Momento" (Last Moment) Eduardo Paz 4:56
3. "Tú Serás La Historia De Mi Vida" (You'll Be The Story Of My Life) Desmond Child 4:52
4. "Peligro" (Danger) Eduardo Paz 4:39
5. "Quince Años" (Fifteen Years Old) Shakira 3:30
6. "Brujería" (Witchcraft) Eduardo Paz 4:12
7. "Eterno Amor" (Endless Love) Eddie Sierra 4:47
8. "Controlas Mi Destino" (You Control My Destiny) Shakira 4:36
9. "Este Amor Es Lo Más Bello Del Mundo" (This Love Is The Most Beautiful Love In The World) Eduardo Paz 4:20
10. "1968"   Shakira (lyrics & music), Eduardo Paz (music) 4:44
Duração total:
41:00

Referências

  1. a b c Diego, Ximena (2002). p. 42.
  2. «Driven: Shakira». VH1. Consultado em 2 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2014 
  3. Wright, Evan (2 de fevereiro de 2014). «Cover Story: Shakira». Rolling Stone. Consultado em 2 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 2 de fevereiro de 2014 
  4. «Shakira's Biography». Shakira.com. 2 de fevereiro de 2014. Consultado em 2 de fevereiro de 2014 
  5. a b c Diego, Ximena (2002). p. 43.
  6. «Shakira – Eres». Dicogs. 2 de fevereiro de 2014 
  7. "Peligro". El Heraldo. Editorial El Heraldo S.A. Accessed on 1 September 2015.
  8. Burr, Ramiro (17 January 2003). Shakira on record. San Antonio Express-News. Hearst Corporation. Accessed on 1 September 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Shakira é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.