Pelourinho de Braga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Pelourinho de Braga localiza-se na freguesia da Braga (Maximinos, Sé e Cividade), cidade e município de Braga, distrito do mesmo nome, em Portugal.[1]

Encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público desde 11 de outubro de 1933.[2][1]

História[editar | editar código-fonte]

Sabe-se que o primeiro pelourinho de Braga foi oferecido, cerca de 1094, por D. Afonso VI de Castela, integrado no dote de casamento de sua filha Tereza com o Conde D. Henrique. Desse Pelourinho certamente nada restará.

Há registos da existência de um pelourinho, no século XV, levantado em frente à Sé Primacial, pois era aos arcebispos, como senhores de Braga, que competia fazer justiça. Porém, parece ter provocado o repúdio da população: foi arredado para o Campo de Sant’Ana em 1694, depois, em 1769, para o Campo dos Touros, até ficar, em 1853, em bocados junto ao Castelo.

Acabaram por ser recuperados os fragmentos, que depois de montados, se encontram hoje no pátio da Sé de Braga.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Pelourinho de Braga

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.