Pemmican

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Pemmican (também pemican, em fontes antigas[1][2]) é uma mistura concentrada de gordura e proteína utilizada como comida nutritiva. O termo deriva-se da palavra cree pimîhkân, em si derivada da palavra pimî, "gordura, graxa".[3] O alimento foi amplamente adotado como energético pelos europeus envolvidos no comércio de peles e posteriormente por exploradores do Ártico e da Antártica como Robert Falcon Scott e Roald Amundsen.

Os ingredientes especificamente utilizados variavam de acordo com o que estava disponível; a carne geralmente era de bisão, alce ou veado. Elementos como oxicoco eram por vezes adicionados, assim como cereja, ribes e aronia.[4]

Referências

  1. Ballantyne, Robert Michael (1876). Away in the Wilderness. Philadelphia: Porter & Coates. pp. 81–84 
  2. Anderson, Anne (1973). The Great Outdoors Kitchen: Native Cookbook. [S.l.: s.n.] 
  3. Sinclair, J.M. (ed) English Dictionary. Harper Collins: 2001
  4. "How to Make Pemmican" Arquivado em 9 de fevereiro de 2010, no Wayback Machine.. Victoria Settlement Provincial Historic Site
Ícone de esboço Este artigo sobre nutrição é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.