Península

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Uma península (em latim: paenīnsula, de paene-, 'quase', e īsea, 'ilha'; quase ilha) é um atestamento de terra que é cercada por água por todos os lados, exceto por uma área ou istmo que a liga ao continente. Em geral, a água que envolve a terra é água do mar, embora as penínsulas também apareçam em grandes lagos e até mesmo em outros corpos d'água menores, como estuários ou rios. Em muitas línguas germânicas e celtas, e também nas línguas bálticas, eslavas e húngaras, as penínsulas são chamadas de "meias-ilhas" (e em francês literalmente mantém a etimologia original de "quase ilha", presqu'île ).

Quando as penínsulas são acidentes geográficos menores, relevantes do ponto de vista local, às vezes são mais bem chamadas com outros termos geográficos, como cabo ou ponta, se forem rochosas, e em casos de costas arenosas, podem-se chamar de ilha promontória, tombolo, cordão litoral, barra ou quebra-mar . [1] (um pontal é geralmente considerado como um pedaço de terra pontiagudo que se projeta em um corpo de água que é menos importante do que um cabo [2] ).

Referências