Península Adelaide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Península Adelaide (Iluilik),[1] lar ancestral dos Illuilirmiut Inuit,[2] é uma grande península em Nunavut, Canadá. Fica a sul da Ilha King William. O seu nome homenageia a Rainha Adelaide, consorte de Guilherme IV do Reino Unido.

Em 1839 foi atingida por oeste por Peter Warren Dease e Thomas Simpson. Starvation Cove, na ponta norte da península, foi o ponto mais meridional que atingiram os sobreviventes da fatídica expedição de 1845–48 liderada por John Franklin em busca de ajuda.

Referências

  1. Darren Keith, Jerry Arqviq (23 de novembro de 2006). «Environmental Change, Polar Bears and Adaptation in the East Kitikmeot: An Initial Assessment Final Report» (PDF). Kitikmeot Heritage Society. Consultado em 23 de janeiro de 2008 
  2. «Sherman Inlet Post» (PDF). Kitikmeotheritage.ca. Consultado em 11 de janeiro de 2008. Arquivado do original (PDF) em 22 de setembro de 2007