Penamacor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Penamacor
Escudo de azul, uma espada abálida e uma chave com o palhetão apontado para a ponta do escudo, ambas de prata e posta em pala, passadas e repassadas por cordão de vermelho atado em nó de três laçadas. Em chefe, um crescente de prata. Coroa mural de prata de quatro torres. Listel branco com as letras a negro "PENAMACOR". Esquartelada de branco e azul, cordões e borlas de prata e azul. Haste e lança de ouro.
Torre de Menagem do Castelo de Penamacor.JPG
Castelo de Penamacor
Localização de Penamacor
Gentílico Penamacorense
Área 555,52 km²
População 5 682 hab. (2011)
Densidade populacional 10,2  hab./km²
N.º de freguesias 9
Presidente da
câmara municipal
António Luís Soares (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1189
Região (NUTS II) Centro
Sub-região (NUTS III) Beira Interior Sul
Distrito Castelo Branco
Antiga província Beira Baixa
Orago Imaculada Conceição
Feriado municipal Segunda-feira após o Domingo de Páscoa
Código postal 6090 Penamacor
Sítio oficial www.cm-penamacor.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Penamacor é uma vila portuguesa no Distrito de Castelo Branco, região Centro e sub-região da Beira Interior Sul, com cerca de 1 500 habitantes.

É sede de um município com 555,54 km² de área[1] e 5 682 habitantes (2011),[2][3] subdividido em 9 freguesias.[4] O município é limitado a norte pelo município do Sabugal, a leste pela Espanha, a sul por Idanha-a-Nova e a oeste pelo Fundão.

A vila situa-se a uma altitude média de 700 metros.

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes [5]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
9 027 10 214 12 351 13 179 14 999 14 714 15 724 17 421 18 860 16 659 12 615 9 524 8 115 6 658 5 682

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [6]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 4 682 5 376 4 785 5 511 5 840 5 626 4 727 2 775 1 674 1 028 642 415
15-24 Anos 2 372 2 708 2 548 3 040 2 842 3 447 2 683 1 725 1 332 887 595 443
25-64 Anos 5 397 6 130 6 191 6 945 7 430 8 063 7 585 5 685 4 147 3 634 2 727 2 343
= ou > 65 Anos 623 722 818 1 025 1 077 1 453 1 664 2 105 2 371 2 566 2 694 2 481
> Id. desconh 0 42 68 44 52

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

História[editar | editar código-fonte]

Apenas sob o reinado de Sancho I de Portugal (1185-1211) é que a história de Penamacor se define com alguma clareza. Alguns autores defendem ter sido esta povoação a pátria de Vamba, rei dos Godos, que governou a península de 672 a 682. D. Sancho I conquistou Penamacor aos muçulmanos, outorgou-lhe foral em 1199 elevando-a a vila, e doou os seus domínios aos cavaleiros da Ordem do Templo na figura do seu mestre D. Gualdim Pais, que a fortificou. O soberano confirmou-lhe o foral em 1209.

De acordo com uma das lendas locais, o nome da vila terá origem num fora-da-lei que aqui terá habitado, de nome "Macôr". Este salteador vivia numa caverna a que davam o nome de Penha. Com o passar dos tempos, o nome adulterou-se e passou a chamar-se Pena, ficando assim a terra a ser conhecida por Penha de Macôr ou Pena Macôr.

Segundo outra versão, uma luta feroz entre os seus habitantes e salteadores originou tanto derramamento de sangue e de tão má cor, que a vila ficou a ser conhecida por Penha de má cor. Ainda outra refere, que nesta zona existiam duas povoações, ambas localizadas em montes, Pena de Garcia e Pena Maior. Com a adulteração da pronúncia Castelhana, Magor passou a ser Macor, dando origem a Pena Macor.

O desenvolvimento da vila, nos finais do século XII, deveu-se à necessidade de proteção da fronteira portuguesa, pelo que foi construído um castelo (Castelo de Penamacor), de que ainda hoje restam vestígios, considerado monumento nacional.

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Penamacor.

O concelho de Penamacor está dividido em 9 freguesias:

Património[editar | editar código-fonte]

  • Castelo de Penamacor
  • Museu Municipal de Penamacor
  • Museu Dr. Mário Bento
  • Capelas de S. Domingos e de N.ª Sr.ª da Conceição
  • Ermida do Santo Cristo
  • Solares do Conde e dos Osórios
  • Monumento aos Combatentes da Grande Guerra
  • Fontes (nomeadamente a do Frade)
  • Lagar de Seninho
  • Instituto Pina Ferraz
  • Cruzeiro
  • Busto-monumento a Ribeiro Sanches
  • Povoado pré-histórico do Ramalhão

Tradições[editar | editar código-fonte]

Penamacor é considerada a localidade portuguesa onde se realiza o maior madeiro de Natal.[7]

Penamacorenses ilustres[editar | editar código-fonte]

Cidades geminadas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28 de novembro de 2013 
  2. INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Centro. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 115. ISBN 978-989-25-0184-0. ISSN 0872-6493. Consultado em 27 de julho de 2013 
  3. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_CENTRO". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  4. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  5. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  6. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  7. Gazeta Rural n.º 260 (1 de Dezembro de 2015), pág. 8.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Penamacor


Concelhos do Distrito de Castelo Branco Mapa do distrito de Castelo Branco
Belmonte
Castelo Branco
Covilhã
Fundão
Idanha-a-Nova
Oleiros
Penamacor
Proença-a-Nova
Sertã
Vila de Rei
Vila Velha de Ródão
Belmonte
Castelo Branco
Covilhã
Fundão
Idanha-a-Nova
Oleiros
Penamacor
Proença-a-Nova
Sertã
Vila de Rei
Vila Velha de Ródão