Pencil (foguete)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pencil Rocket.jpg
O foguete Pencil.

O foguete Pencil, foi o primeiro projeto de um foguete moderno no Japão pós Guerra. Apesar de pequeno em tamanho, foi o primeiro passo no desenvolvimento de foguetes que usassem apenas recursos nativos.

Origens[editar | editar código-fonte]

Desde 1954, após a criação do grupo de pesquisas Avionics and Supersonic Aerodinamics (AVSA) na Universidade de Tóquio liderados por Hideo Itokawa, vários experimentos de pequena escala foram criados. Entre esses experimentos, aquele de maior repercussão e melhores resultados, foi o foguete Pencil criado em 1955.[1]

Características[editar | editar código-fonte]

O foguete Pencil, era um foguete de apenas 200 gramas, 1,8 cm de diâmetro e 23 cm de altura. Ele era lançado na horizontal de um lançador de 1,5 m. Nos testes, ele voava passando através de algumas telas de papel até atingir um saco de areia a uma certa distância. A velocidade do foguete era estimada através da análise dos cortes nas telas de papel com o auxílio de um estroboscópio e câmeras de alta velocidade.[2]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Alterações no formato e inclinação das aletas e no centro de gravidade foram experimentadas e os dados recolhidos para avaliar a aceleração, a trajetória e a dispersão de acordo com as alterações. De março a agosto de 1955, vários testes desse tipo de foguete foram conduzidos em dois campos de prova diferentes, com a presença de representantes do governo e da imprensa. Alguns desses lançamentos foram efetuados na vertical em ângulo de 70 graus chegando a atingir 600 m de altitude.[2]

Ao todo, foram implementadas 4 versões do foguete Pencil. Além da original, uma sem as aletas na cauda, uma outra de 300 g um pouco maior (30 cm), e mais uma com dois estágios (46 cm). Todos eles testado com sucesso.[3]

Esquemas das três versões do foguete Pencil.

Legado[editar | editar código-fonte]

Os testes bem sucedidos do foguete Pencil, levaram ao subsequente desenvolvimento dos foguetes da família Baby, que por sua vez formaram a base para futuros desenvolvimentos de foguetes ainda maiores.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]