Pepino I da Aquitânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pepino I da Aquitânia
Nascimento 797
Desconhecido
Morte 13 de dezembro de 838 (41 anos)
Poitiers
Sepultamento Nova-Aquitânia
Progenitores Mãe:Ermengarda de Hesbaye
Pai:Luís I, o Piedoso
Filho(s) Pepino II da Aquitânia, Carlos da Aquitânia, (Rotruda), (Hildegarda)
Irmão(s) Lotário I, Luís, o Germânico, Carlos II de França, Gisela, Rotruda, Berta, Hildegarda
Ocupação monarca
Causa da morte doença

Pepino I da Aquitânia[1], nascido por volta de 797, morto a 13 de Dezembro de 838 em Poitiers, é o rei da Aquitânia de 817 a 838. Ele é o filho de Luís, o Piedoso e de Ermengarda de Hesbaye.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Desde o seu nascimento, o pai lhe confia o governo da Aquitânia e, em seguida, dá-lhe o título real em Julho de 817, sob a autoridade de seu irmão mais velho Lotário I.

Indignado com o que seu pai faz a seu meio-irmão, o futuro Carlos, o Calvo, duque de Alemania, e incluindo a Récia, Alsácia e parte da Borgonha[2], discute com ele em 829. Ele se alia a seus irmãos, sob a égide de Vala (v.772-† 836), filho de Bernardo, um primo de carlos magno. Em 832, durante uma assembleia na corte , realizada no palácio carolíngio de Jocondiac (perto de Limoges), o imperador retira-lhe o reino da Aquitânia, que ele confia a Carlos. Graças a seu pai, que lhe deixa o seu reino a 15 de Março de 834 em Quierzy. Após a sua morte, ele é enterrado na igreja de Sainte-Radegonde[3].

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Pepino I da Aquitânia desposou em 822 Ringarda (Ringardis), ou Ingeltruda filha de Tiberto, conde de Madrie, com quem teve :

e duas filhas[4]

  • Rotruda casada com Gerardo († 841), conde de Auvergne,
  • Hildegarda esposa de Ratier († 841), conde de Limoges.

Fontes Impressas[editar | editar código-fonte]

  • Léon Levillain (ed), Recueil des actes de Pépin ler e de Pepin II, rois d'Aquitaine (814-848), publicado sob a direção de M. Maurice Prou, Paris, Imprimerie nationale, de 1926, CCVIII-355 p., apresentação on-line

Referências

  1. Genealogia no site das Terras Medievais
  2. Augustin Fliche, Cristianismo medieval, 1929, p. 174
  3. Atas do colóquio de Chauvigny 14 a 16 de junho de 2012, Estadia, defender, e aparecer - recentes orientações da arqueologia das fortificações e das residências aristocráticas medievais entre o Loire e os Pirinéus", Associação de Publicações Chauvinoises, 2014, ISBN 979-10-90534-20-9, p. 103.
  4. Régine Le Jan Família e poder no mundo franco (VII-X século) Publicação de Sorbonne, Paris, 1995 ISBN 2859442685 p. 300 e nota Predefinição:N°84.
Portal A Wikipédia tem os portais:
  • histoire
  • Haut Moyen Âge
  • Aquitaine
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.