Pequiá-marfim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Janeiro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPequiá-marfim
Taxocaixa sem imagem
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante [1]
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Clado: asterídeas
Ordem: Gentianales
Família: Apocynaceae
Gênero: Aspidosperma
Espécie: A. desmanthum
Nome binomial
Aspidosperma desmanthum
Benth. ex Müll.Arg.
Sinónimos
  • A. eteanum Markgr. (heterotípico)[1]
  • A. leucocymosum Kuhlm. (heterotípico)[1]
  • A. leucostachys Kuhlm. ex Markgr. (heterotípico)[1]
  • A. obscurinervium Azambuja (heterotípico)[1]

O pequiá-marfim (Aspidosperma desmanthum) é uma árvore brasileira também conhecida como Araracanga, Araraíba, Araraúba, Araraúba-da-terra-firme, Jacamim, Paratudo-branco, Pau-de-arara, Pequiá, Pequiá-marfim, Piquiá-marfim, Pequiá-verdadeiro, Peroba, Pequiá-marfim-do-roxo, Piquiá-marfim ou Piquiá-marfim-do-roxo.

É conhecida também como pequiá-marfim a espécie Aspidosperma spruceanum.

Mede até 16,25 m, tem aspecto fibroso atenuado e tronco retilíneo. É uma boa madeira e aceita bem o prego.

Referências

  1. a b c d e «Aspidosperma». Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Consultado em 22 de setembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre asterídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.