Período (arte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Na arte um período é entendido como o espaço de tempo em que determinadas características de linguagem predominam. Dentro de um período estabelecem-se tendências, que ao se consolidar, passam a ser chamadas de estilos ou escolas.[1] A cultura ocidental identifica períodos, como: pré-histórico, antigo, medieval, moderno, contemporâneo, entre outros.

Os períodos artísticos, vistos em perspectiva, relacionam-se ao conjunto estilístico que os define e os caracteriza.[2] Não foi a chegada do ano 1.000 dC que determinou o período Românico, mas sim a retomada do estilo arquitetônico idealizado no período do império romano. Não foi a mítica presença de Helena de Troia que determinou o Helenismo, mas o fato de que por volta de 323 aC a 27 aC, a comunhão de uma série de características estilísticas, foi reunida em torno de seu nome.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Itaú cultural. «Enciclopédia de artes visuais». Consultado em 17 de setembro de 2012 
  2. Andrew Graham-Dixon (2012). Arte, o guia visual definitivo. [S.l.]: Publifolha. 612 páginas. p.36-37 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Chilvers, Ian. - Dicionário Oxford de Arte. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
  • Wölfflin, H. - Conceitos fundamentais da história da arte. São Paulo: Martins Fontes, 1996.
Ícone de esboço Este artigo sobre arte ou história da arte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.